Bandeira amarela em janeiro deixa energia elétrica mais cara

0

Se não bastasse a avalanche de impostos, taxas  e outras despesas que se acumulam nos primeiros meses do ano, a bandeira tarifária em janeiro de 2020 será amarela e isso representa um custo de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora consumidos na conta de energia.

Segundo a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), “a bandeira vai permanecer amarela por causa do baixo nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN) e pelo regime de chuvas significativamente abaixo do padrão histórico nessas regiões”.

As bandeiras

O atual sistema de bandeiras tarifárias foi criado pela ANEEL e sinaliza o custo real da energia gerada.

O sistema é baseado em três cores: verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração que está diretamente ligada às condições dos reservatórios que são ligados ao Sistema Nacional.

Leia mais:

Advogado diz que planos apresentados contra a Enel até o momento são irresponsáveis