22.8 C
Goiânia
sábado, 20, abril 2024
- Anúncio -

Aparecida de Goiânia presta homenagem à memória de Maguito Vilela, nesta terça-feira (24)

Cerimônia ocorrerá às 17h00, na Cidade Administrativa

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia realiza nesta terça-feira (24), às 17h00, na praça da Cidade Administrativa, uma homenagem à memória do ex-prefeito Maguito Vilela, que completaria 74 anos de vida nesta terça-feira e mais de 41 anos de vida pública. Num dos atos da cerimônia, o prefeito Vilmar Mariano vai descerrar um busto de Maguito fixado em frente ao prédio-sede do Poder Executivo municipal, que já leva o nome do ex-prefeito em respeito ao seu legado.

O evento na Cidade Administrativa terá participação de familiares do ex-prefeito, entre eles o vice-governador Daniel Vilela, filho de Maguito. O governador Ronaldo Caiado, assim como o ex-prefeito Gustavo Mendanha, autor da lei que oficializou o nome de Cidade Administrativa Maguito Vilela, também prestigiarão a solenidade.

Segundo a organização, a cerimônia contará com apresentação da Banda Sinfônica de Aparecida. Também foram convidados e são aguardados na homenagem vereadores, outras autoridades do poder público e do setor produtivo, além de lideranças comunitárias e de entidades de classe. O busto de Maguito Vilela foi confeccionado em bronze e tem 0,65cm de altura x 0,50cm x 0,28cm de perfil. A obra é assinada pelos escultores Sival Floriano Veloso e Luiz Olinto de Paula Leite.

Biografia

Maguito Vilela governou Aparecida entre 2009 e 2016. Foi considerado um dos melhores prefeitos da história da cidade por ter asfaltado centenas de bairros, construído dezenas de unidades de saúde e criado vários polos industriais e logísticos, além de outras benfeitorias determinantes para o desenvolvimento do município. Foi também governador, vice-governador, senador, deputado estadual e federal e vereador por Jataí, sua cidade natal. Entre outros cargos públicos, Maguito foi eleito e chegou a tomar posse de forma virtual como prefeito de Goiânia, em 1º de janeiro de 2021, mas morreu dias depois, em 13 de janeiro, vitimado por complicações da Covid-19. Ele tinha 71 anos.

Leia mais:Lula vai à Argentina em sua primeira viagem internacional

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -