28.8 C
Goiânia
segunda-feira, 15, abril 2024
- Anúncio -

Alex Henrique decide, Aparecidense derrota o Volta Redonda e Camaleão fica próximo do acesso

Camaleão venceu jogo decisivo e agora depende apenas de si na última rodada para garantir uma vaga na Série B do Campeonato Brasileiro 2023.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -
A Aparecidense derrotou o Volta Redonda neste sábado (17), por 1×0, pela quinta rodada da segunda fase da Série C, em jogo realizado no estádio Aníbal Toledo, em Aparecida. O Camaleão fez um bom jogo, soube suportar a pressão quando foi atacado e aproveitou as chances que teve e acabou vencendo mais uma na Série C. Alex Henrique, de pênalti, marcou o gol da Aparecidense.

Com o resultado o Camaleão agora é o segundo colocado do grupo com sete pontos, já o Volta Redonda caiu para a quarta com sete. Na próxima rodada o Camaleão encara o Mirassol, no domingo (25), às 17h, no Municipal de Mirassol. Já o Volta Redonda encara o Botafogo/SP, no Raulino de Oliveira, no mesmo dia e horário. O Camaleão depende só de si de classificar, se vencer o adversário, estará na Série B 2023. A classificação poderá vir até com empate, desde que o Botafogo/SP não vença o próprio Mirassol na segunda (19) e tropece com o Volta Redonda na última rodada.


Ficha técnica
Aparecidense 1×0 Volta Redonda
5ª rodada da 2ª fase da Série C
Data: 17 de setembro de 2022
Horário: 15h
Local: Estádio Anníbal Toledo; Aparecida de Goiânia, GO

Árbitro: Felipe de Lima (MG)
Assistentes: Marconi Vieira (MG) e Helen Aparecida Araújo (MG)
VAR: Marco Aurélio Ferreira (MG)

Amarelos: Adriel, Joãozinho, Wesley Matos (APA), Caio Vitor (VTR)
Vermelho: Iury (VTR)
Gols: Alex Henrique (28′ 2T) – (APA)

Aparecidense: Pedro Henrique; Adriel (Luan Sales), Wesley Matos, Vanderley e Rodrigues; Renato, Rodriguinho e Robert; Joãozinho, Alex Henrique (Bruno Henrique) e Gilvan (Felipe Menezes).
Técnico: Moacir Júnior.

Volta Redonda: Dida; Iury, Iran (Marcelo), Thomas Kayck e Luiz Paulo; Bruno Barra, Henrique Silva (Bruno Galo), Caio Vitor e Matheus Alessandro (Luciano); Igor Bolt (Nathan) e Lelê.
Técnico: Rogério Corrêa.

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -