20.8 C
Goiânia
quinta-feira, 27, janeiro 2022
- Anúncio -

A vacinação em Goiânia, nesta terça-feira (20), foi de longas filas

Aglomeração e muitas reclamações marcaram esta terça-feira de vacinação contra a covid-19 na capital

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A vacinação contra a covid-19 nesta terça-feira (20), em Goiânia, foi muito criticada pelas pessoas que precisaram receber a primeira e segunda dose. Muitas filas e, consequentemente, aglomeração. À reportagem da Rádio Bandeirantes Goiânia, Antônio, de 71 anos, criticou e disse que o local estava “muito aglomerado”.

“Está muito aglomerado. Deveria ter mais pontos, mas uma estrutura com mais pessoas para trabalhar. Tem muita gente próxima uma da outra”, disse.

O comerciante estava na Escola Rotary, no Jardim América, um dos pontos de vacinação de Goiânia, e disse que estava na fila há horas.

A empresária Ana Quelme aguardava na fila junto com sua mãe para receber a segunda dose da vacina e disse que estava muito demorado.

“Uma bagunça, não tem ninguém da saúde para organizar as filas. São idosos sem saber nada. A primeira dose foi muito mais organizado. Tinha o pessoal para cuidar do agendamento”, disse ela à RB.

O secretário de Saúde de Goiânia, Durval Pedroso, entede que há um problema, mas alega que há falta de vacinas e por isso prejudica.

“Existe uma escassez de vacinas. O problema não é a quantidade de locais mas existe a falta de vacinas”, pontuou. 

O titular da pasta afirmou que não existe a falta de planejamento.

“Não existem culpados, não existe falta de planejamento”, segundo secretário.


Leia mais: Aos 71 anos, Ronaldo Caiado recebe a segunda dose da Coronavac

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -