28.8 C
Goiânia
segunda-feira, 15, abril 2024
- Anúncio -

“A dose de reforço é fundamental para que o organismo esteja realmente protegido”, alerta Caiado

Segundo dados do sistema do Ministério da Saúde (MS), 44.530 pessoas, em Goiás, já deveriam ter tomado a segunda dose da vacina e ainda não retornaram para aplicação do reforço.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O governador Ronaldo Caiado (DEM) voltou a alertar os goianos, nesta quarta-feira (14), durante inauguração da sede do Programa Mais Crédito, sobre a importância de respeitar o ciclo completo da imunização contra a Covid-19. “Uma dose da vacina não é suficiente para gerar anticorpos capazes de imunizar as pessoas. A dose de reforço é fundamental, é a que garante um potencial maior de produção de anticorpos para que o organismo esteja realmente protegido”, afirmou Caiado.

Segundo dados do sistema do Ministério da Saúde (MS), 44.530 pessoas, em Goiás, já deveriam ter tomado a segunda dose da vacina e ainda não retornaram para aplicação do reforço. Idosos, profissionais da saúde e integrantes das forças de segurança que já foram contemplados com a primeira dose devem ficar atentos ao cartão de vacinação. Nele consta a data para a aplicação da segunda dose. “O que custa? As pessoas já tem o local, dia e horário marcados. Elas só vão ter o resultado se aplicarem a segunda dose”, disse o governador.

Necessidade de duas doses

Até o momento, Goiás segue o Plano Nacional de Imunização (PNI), que conta com as vacinas da Coronavac e da Oxford/AstraZeneca. Ambas necessitam da aplicação de duas doses para a plena eficácia. No entanto, o prazo para aplicação varia. O intervalo entre as doses da Coronavac é de 28 dias. Já da Oxford/AstraZeneca, o retorno deve ocorrer após 12 semanas.

“É um clamor que faço a todos vocês que tomaram a primeira dose. Não se omitam, façam a aplicação da segunda dose”, alertou Caiado. Ele explica que somente alguns dias depois de completar o ciclo da imunização é que o organismo cria os anticorpos suficientes para garantir a integral proteção à doença prevista pelos fabricantes. 

Dados preliminares da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO) mostram que, até nesta quarta-feira (14), 668.544 pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, em território goiano. Em relação à segunda dose, foram 197.157 aplicações. Esse balanço é atualizado conforme o registro de informações das Secretarias Municipais de Saúde. Ainda segundo a pasta, Goiás já recebeu 1.370.130 doses de imunizantes, sendo 1.110.680 da CoronaVac e 259.450 da AstraZeneca.


Leia mais: Para o presidente municipal do PSD, o processo eleitoral e posse de Maguito foram irregulares

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -