27.8 C
Goiânia
terça-feira, 24, maio 2022
- Anúncio -

Vila Nova ganha mais uma vez e é o primeiro semifinalista do Goianão

Tigrão bate o Anápolis por 3x1, dessa vez no OBA, e confirma sua classificação

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O Vila Nova não passou apuro para confirmar a sua classificação à semifinal do Goianão. No jogo da volta, no Onésio Brasileiro Alvarenga, o time colorado foi ainda mais contundente do que na partida de ida, fez 3×0 no primeiro tempo, e afastou qualquer possibilidade de uma virada inesperada do Anápolis. Na etapa final, o Galo ainda descontou com João Paulo, mas não foi o necessário para recolocar o time na briga.

O JOGO

Precisando de um resultado elástico para avançar na competição, o Anápolis começou o jogo na pressão, abafando o Vila e tentando criar chances. A primeira oportunidade saiu de uma boa jogada de Anselmo, que saiu da marcação e bateu para o gol. Georgemy foi bem e defendeu para evitar a abertura de placar. Aproveitando o ímpeto do adversário, o Vila conseguiu encontrar espaços e aos 8 minutos ampliou sua vantagem.

Kelvin recebeu na grande área, ajeitou e fuzilou o gol de Saulo, sem chances de gol. 1×0 Tigrão para fazer 4×0 no placar agregado. O gol foi um balde de água fria no Anápolis, que, praticamente, sumiu do jogo. O time colorado assumiu completamente as ações, que passou a trabalhar da intermediária em diante, rondando a área do adversário. Alan Mineiro tentou duas vezes de fora da área, mas os chutes acabaram indo para fora.

Aos 38 mais um gol colorado. Kelvin cruzou para a área, a bola bateu no braço de Matheus Suba e a arbitragem, sem dúvida, assinalou o pênalti. Henan bateu com precisão no canto e fez o 2×0 para o Tigrão. Sete minutos depois, Kelvin saiu em velocidade, deixou a marcação para trás e bateu na saída de Saulo, 3×0 e fim de primeiro tempo.

Com a goleada do primeiro jogo repetida ainda na primeira etapa, o jogo caiu bastante de produtividade na etapa final. O Vila já parecia satisfeito e o Anápolis sem muita força para reagir. Os visitantes ficavam mais com a bola e tiveram 2 chances com Riquelme, que recebeu livre após cobrança de escanteio mas finalizou mal, e Ivamar, que bateu falta com perigo, mas a bola desviou na marcação e foi para fora.

O Galo continuou na pressão e conseguiu o seu primeiro gol no confronto aos 18 minutos. João Paulo, que havia acabado de entrar, recebeu na grande área e bateu colocado para anotar o 3×1.

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO GOIANO

Vila Nova 3×1 Anápolis

Data: 30/04
Horário: 15h30
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, Goiânia – GO

Arbitragem:
Árbitro: Rubens Paulo dos Santos (GO)

Assistentes: Alexandre Amaral (GO) e Márcio Marques (GO)

Gols:

Vila Nova: Kelvin (1×0 – 08’ 1T e 3×0 – 45’ 1T);   Henan (2×0 – 38’ 1T)
Anápolis: João Paulo (3×1 – 18´1T)

Escalações:

Vila Nova: Georgemy; Celsinho (Thiaguinho), Rafael Donato, Saimon e Willian Formiga; Dudu, Pedro Bambu, Arthur Rezende e Alan Mineiro (Ícaro); Kelvin e Henan (Marcos Paulo).
Técnico: Wagner Lopes.

Anápolis: Saulo; Vitinho (Espanhol), Batista, Juan Pablo e Hugo; Matheus Suba, Ananias (Matheus Rosa), Giovanny (Romarinho); Riquelme (João Paulo), Ivamar e Anselmo.
Técnico: Luís Carlos Winck.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -