22.8 C
Goiânia
sábado, 24, fevereiro 2024
- Anúncio -

“Vai dar suporte 100% ao enfrentamento da Covid-19”, diz Caiado sobre nova unidade em Uruaçu

A unidade será estruturada para ser referência na região, com 68 de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 118 de enfermarias.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O governador Ronaldo Caiado (DEM) vistoriou a obra de construção do Hospital de enfrentamento à Covid-19 do Centro-Norte Goiano (HCN), em Uruaçu, na manhã deste domingo (28). A unidade será estruturada para ser referência na região para casos suspeitos e confirmados de infecção pelo coronavírus durante a pandemia, com capacidade para cerca de 200 leitos, sendo 68 de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 118 de enfermarias.

“Será transformado em um hospital que vai dar suporte 100% ao tratamento e enfrentamento à Covid-19. Terá aqui não só uma estrutura diferenciada, como também toda uma equipe muito bem treinada, diante de um ano que nós já estamos convivendo, infelizmente, com esse vírus”, destacou Caiado. O governador anunciou que o início do funcionamento do hospital está previsto para o próximo dia 08 de março.

A unidade hospitalar já recebeu equipamentos para acompanhamento e diagnóstico dos pacientes. Foram instalados tomógrafos de 64 canais, aparelhos de raios X e ultrassonografia, entre outros. “Um tomógrafo que tem uma capacidade de resolução, uma rapidez de fazer uma tomografia de pulmão e com imagem com nível de detalhes maior ainda”, explicou o governador sobre a tecnologia adquirida para atender a população no local.

O secretário de Estado de Saúde, Ismael Alexandrino, pontuou que as ações de saúde têm todo o respaldo necessário por parte do governador. “Pelo fato de ser médico, ele entende as ações que, muitas vezes, são impopulares, mas são corretamente adotadas de forma técnica para ter o impacto que se espera na população e cuidar do cidadão goiano”, disse.

Maior obra da região

Após a pandemia, o Hospital do Centro-Norte Goiano terá finalidade de hospital geral para atendimento regional de urgência e emergência. A estrutura comportará cirurgias, internações e casos de alta complexidade. O investimento do Governo de Goiás na construção é de R$ 117 milhões, o que torna a obra a maior da área da saúde da região. O local também terá um centro oncológico.

A unidade chegou a ser inaugurada na gestão anterior, entretanto, estava inacabada e com a construção paralisada. “Esse hospital, como outros também que eu recebi no Governo, tem um histórico triste. Foi inaugurado, nunca atendeu um paciente, mais da metade da obra não estava concluída”, ressaltou Caiado.


Leia mais: Rede Atende Fácil mantém serviços por agendamento durante as medidas restritivas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -