20.8 C
Goiânia
terça-feira, 7, dezembro 2021
- Anúncio -

Ultrapassagens mal sucedidas e colisões frontais marcam o feriado nas BRs goianas

Na BR-364, região sudoeste do estado, sete pessoas morreram no trecho que liga Jataí a Santa Rita do Araguaia após colisões frontais.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou o balanço da Operação Independência, realizada de sexta à terça-feira (3 à 7), nas rodovias goianas. O feriado foi marcado por ultrapassagens irregulares, mal sucedidas e que resultaram em mortes causadas por colisões frontais. Na BR-364, região sudoeste do estado, sete pessoas morreram no trecho que liga Jataí a Santa Rita do Araguaia após colisões frontais.

Três acidentes fatais foram registrados no final de semana, todos na BR-364. No primeiro deles, na tarde de sexta-feira (03), um homem que transportava cocaína no porta-malas morreu ao tentar fazer uma ultrapassagem depois de avistar uma equipe da PRF que fiscalizava o trecho e colidiu contra uma carreta. Na tarde de domingo (05), em outra manobra de mudança de faixa, em Mineiros, um homem foi a óbito depois que o veículo bateu de frente com uma carreta.

No início da noite de ontem (07), cinco jovens que estavam em um carro de passeio morreram após o veículo bater de frente com uma carreta na mesma rodovia. De sexta até a noite desta terça-feira (7), policiais rodoviários federais flagraram 550 ultrapassagens proibidas nas BRs goianas. 131 motoristas foram autuados por não utilizarem cinto de segurança, 26 por transportarem crianças de maneira irregular e 85 condutores dirigiam sob efeito de álcool.

Recorde de embriaguez

Um motorista profissional, que conduzia um caminhão carregado com melancia, foi o recordista em teor alcoólico neste feriado, com o “bafômetro” registrando 1,30 miligramas de álcool por litro de ar na tarde de segunda-feira (06), na BR-060, em Anápolis.

O detido conduzia saiu de Uruana (GO) e tinha como destino Brasília (DF). Motoristas que trafegam pela rodovia denunciaram à Central de Informações da PRF informando que o veículo ziguezagueava na rodovia, colocando em risco a segurança dos viajantes.

As fiscalizações nas rodovias federais durante o feriado resultaram, ainda em 26 prisões por motivos de crimes diversos, como tráfico de drogas (25kg de cocaína apreendidos), foragidos da Justiça, porte ilegal de armas de fogo e três pessoas foram detidas por dirigir sob efeito de álcool.


Leia mais: PSDB irá discutir nesta quarta-feira pedido de impeachment contra presidente Bolsonaro, diz partido

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -