27.8 C
Goiânia
sexta-feira, 24, setembro 2021
- Anúncio -

Transferência da capital para a cidade de Goiás é cancelada pelo segundo ano consecutivo

O ato de transferência da capital de Goiás teve início em 1961, com o então governador, Mauro Borges.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Pelo segundo ano consecutivo, a antiga Vila Boa de Goiás não receberá a tradicional solenidade de transferência da capital. Como se trata de uma transferência simbólica não há a necessidade de publicação de um ato institucional informando a não realização do festejo. O ato acontece desde 25 de julho de 1961.

Apesar da data não ser celebrada, o governador Ronaldo Caiado cumpre agenda na região entre sexta-feira (23) e domingo (25). Entre os compromissos, estão vistoria de obras e entrega da revitalização do Palácio da Instrução, marco na mudança do estilo arquitetônico da antiga capital do Estado.

O ato de transferência da capital de Goiás teve início em 1961, com o então governador, Mauro Borges, e se estendeu até o ano de 1978, quando ocorreu a revogação da lei pelo governador Ary Valadão. As celebrações só voltaram a ser realizadas em 1984, após a edição de uma nova legislação, a Lei nº 9.314, de 21 de junho de 1983, sancionada na época pelo governador Iris Rezende.

Feriado

Na segunda-feira (26) não haverá expediente nas repartições ou serviços do estado de Goiás, exceto nas unidades que desenvolvam atividades que, por sua natureza ou em razão do interesse público, tornem indispensável a continuidade do serviço. Os horários de funcionamento, no feriado, dos órgãos que desenvolvam essas atividades serão divulgados posteriormente.


Leia mais: Parte de mandados cumpridos em operação no Entorno podem ter relação com Lázaro Barbosa

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -