30.8 C
Goiânia
sábado, 31, julho 2021
- Anúncio -

Seis prefeitos são afastados no nordeste goiano; quatro foram reeleitos em 2020

A suspeita é de que os prefeitos realizaram, nos últimos quatro anos, centenas de contratações de pessoal de forma ilegal. O prejuízo aos cofres públicos supera R$ 15 milhões.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

A pedido do Ministério Público, o juiz Pedro Henrique Guarda Dias, afastou seis prefeitos de seus cargos e bloqueou R$ 25 milhões em bens dos mesmos no nordeste goiano. Os mandatários são investigados por improbidade administrativa pela contratação de pessoas como servidores permanentes, mas sem que houvesse concurso público para tal. Quatro, dos seis prefeitos envolvidos, foram reeleitos em 2020.

Iolanda Moreira dos Santos, de Alvorada do Norte, foi reeleita na cidade com 57% dos votos. Joaquim Barbosa, de Mambaí, também foi reeleito com 45% dos votos válidos. Weber Reis Lacerda, conhecido como Lacerda, de Sítio D’Abadia, reeleito com 62% e Ana Paula Soares, de Buritinópolis, reeleita com 61% dos votos. Ademar Antônio da Silva, de Simolândia, concorreu, mas não foi reeleito e Gilmar José Ferreira, de Damianópolis não tentou o pleito novamente.

A suspeita é de que os prefeitos realizaram, nos últimos quatro anos, centenas de contratações de pessoal de forma ilegal. O prejuízo aos cofres públicos supera R$ 15 milhões. A escolha dos contratados se dava diretamente pelos gestores e favorecia apoiadores políticos. Caso os prefeitos sejam condenados nas ações de improbidade administrativa, estão sujeitos às penas de ressarcimento do dano financeiro provocado ao patrimônio municipal, suspensão dos direitos políticos, perda do cargo público e pagamento de multa.

A operação “O Tronco” cumpriu 15 mandados de busca e apreensão, autorizados pelo juiz Pedro Henrique Guarda Dias em 24 de setembro. A ação cabe recurso e as partes têm 15 dias para se manifestarem na Justiça Eleitoral.


Leia mais: Câmara aprova uso de R$ 2 bilhões com a vacina de Oxford

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -