Presidente da CMTC diz que criação de fundo vai reduzir tarifa

0
CMTC defende criação de um fundo de financiamento para redução no valor da tarifa do transporte coletivo (Foto: ilustração/reprodução)

Após reunião com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), que sinalizaram, ontem,13, que a linha do Eixo Anhanguera será privatizada, o presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Benjamin Kennedy, disse nesta quarta-feira,14, à Rádio Bandeirantes Goiânia que a criação de um fundo para custeio do transporte coletivo poderá reduzir o valor da tarifa.

Além de reduzir o valor pago pelos usuários, a CMTC acredita que a criação do fundo também irá proporcionar outras melhoras no transporte público da Grande Goiânia. Benjamin Kennedy disse ao jornalista Altair Tavares que Ronaldo Caiado concordo com a criação do fundo e que o Governo de Goiás irá trabalhar pela viabilidade da proposta.

OUÇA ENTREVISTA COMPLETA !

Presidente da CMTC explica proposta de criação de um fundo para custeio do transporte coletivo

“Estaremos simplesmente revitalizando e trazendo para os usuários do transporte coletivo um novo modelo de transporte coletivo a ser implantado a partir de 2020.Ele (Caiado) gostou do projeto e autorizou sua assessoria para fazer todas as tratativas para que nós pudéssemos finalizar um projeto de lei”, apontou o presidente da CMTC com exclusividade à Rádio Bandeirantes Goiânia.

O fundo idealizado pela CMTC irá custear as gratuidades do transporte coletivo como, por exemplo, as passagens de estudantes, deficientes e idosos, os terminais de integração e ainda o órgão responsável pela gestão do sistema.

Presidente da CMTC,Benjamin Kennedy, durante entrevista à Rádio Bandeirantes (Foto: Rodrigo Augusto)

Atualmente o valor da tarifa é R$ 4,30. Segundo Benjamin Kennedy, com a criação do fundo de custeio será possível reduzir este valor para até R$ 3,30.

Benjamim Kennedy explicou que para bancar o transporte coletivo o governo poderá, entre outras ações, aumentar o valor cobrado de donos de veículos pelo Imposto Sobre Veículos Automotores (IPVA).

Para que a proposta entre em vigor, o governador Ronaldo Caiado precisa enviar ao Poder Legislativo Projeto de Lei estabelecendo a criação do fundo. Em seguida, a matéria deve ser aprovada na Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador.