28.8 C
Goiânia
sábado, 22, janeiro 2022
- Anúncio -

Procon Goiânia faz apreensão de alimentos impróprios para consumo na capital

Apreensão ocorreu nesta quinta-feira em Goiânia

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A prefeitura de Goiânia informou nesta quarta-feira (18) que o Procon Goiânia aprendeu cerca de 50 quilos de espetinhos congelados de carnes bovinas, frango, suína e queijo provolone que estavam em embalagens que não apresentavam etiquetas com datas de validade, fabricação e origem.

Segundo os fiscais, os produtos estavam numa distribuidora de atacado e varejo de frios, localizada no conjunto Riviera, na capital.

Também no mesmo local, os fiscais encontraram mais de dois quilos de manteiga caseira que estavam sem etiquetas de datas de validade, fabricação e origem.

Com a apreensão, os produtos foram descartados pela equipe do Procon. O estabelecimento foi autuado e pode pagar uma multa que varia de R$ 680 a R$ 10,2 milhões.

Em outro estabelecimento — segundo a prefeitura — os fiscais apreenderam 30 quilos de linguiça para churrasco que estavam vencidos desde julho. Neste caso, os produtos estavam expostos à venda em uma loja de frios, que fica no setor Lorena Park, que também foi multada.

Segundo o Procon Goiânia, consumidor deve sempre verificar as informações básicas dos produtos antes da compra, como lote, data de fabricação e prazo de validade. Caso uma dessas informações esteja ausente, o produto não pode ser vendido.

O trabalho de fiscalização do Procon Goiânia ocorre com frequência em supermercados, açougues, panificadoras, bares, restaurantes e outros estabelecimentos.

As pessoas podem também ficar atentas na hora de ir às compras e ao perceberem alguma irregularidade, podem, portanto, acionar fiscalização do Procon pelo telefone 3524-2349 ou pelo aplicativo Prefeitura 24 horas.


Leia mais: Governo de Goiás e prefeituras podem criar projeto para reduzir preço do combustível

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -