Prefeituras e Governo de Goiás decretam luto oficial pelo falecimento de Maguito

Maguito faleceu às 4h10 no Hospital Albert Einstein, em São Paulo após agravamento no quadro de saúde.

0
Maguito Vilela e Gustavo Mendanha
Nas redes sociais, Gustavo lamentou o acontecimento. (Foto: Arquivo / Gustavo Mendanha)

A Prefeitura de Goiânia, por meio do prefeito interino, Rogério Cruz (Republicanos), decretou luto oficial de sete dias pelo falecimento do ex-governador de Goiás e prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB). O Governo de Goiás também decretou luto oficial de três dias. Maguito faleceu às 4h10 no Hospital Albert Einstein, em São Paulo após agravamento no quadro de saúde.

Em Aparecida de Goiânia, onde Maguito também foi eleito prefeito por dois mandatos, o prefeito Gustavo Mendanha (MDB), também decretou luto oficial pela morte do emedebista. Nas redes sociais, Gustavo lamentou o acontecimento e ressaltou que “os mandatos de Maguito à frente da Pref. de Aparecida representam marco na história desta jovem cidade”.

O governador Ronaldo Caiado, realizou na manhã desta quarta-feira (13), o arriamento da bandeira, em respeito ao falecimento do ex-governador Maguito Vilela. O ato aconteceu na frente do Palácio das Esmeraldas e contou com a presença do prefeito Rogério Cruz, secretários municipais, deputados e o sobrinho de Maguito, Leandro Vilela.

Por meio de nota, Caiado disse que “Goiás perde um de seus mais notáveis líderes” e que o “sentimento do povo goiano neste momento de perda é o reconhecimento da trajetória de um homem que enfrentou com dignidade, altivez e espírito público todos os desafios, sempre a defender suas convicções e ideias com coerência, ponderação e sensatez”, diz o texto.


Leia mais: Após mais de 80 dias internado, morre Maguito Vilela