Prefeitura de Goiânia testa 2.600 pessoas para Covid-19 neste sábado; resultado sairá online

A testagem ocorrerá através do sorteio de quadras residenciais de forma que alcance os moradores dos sete distritos sanitários.

0
Profissional de saúde colhendo sangue de homem para teste da Covid-19
Foto: Reprodução Secom Ap. de Goiânia)

A Prefeitura de Goiânia por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) faz 2.600 testes para Covid-19 neste sábado (11). A ação terá seus horários divididos em turnos por equipes com atividades de campo que vão das 7h40 às 12h e das 13h40 às 18h. Os laudos serão disponibilizados no portal da Prefeitura de Goiânia na página da Secretaria de Saúde. A previsão dos resultados é para a próxima quarta-feira (15).

De acordo com a SMS, a testagem ocorrerá através do sorteio de quadras residenciais de forma que alcance os moradores dos sete distritos sanitários. A exemplo dos anteriores, nesse inquérito, apenas um membro por família será testado. A coleta de sangue para a realização do exame será feita por equipes da SMS compostas por técnicos de enfermagem, enfermeiros, biomédicos, farmacêuticos e agentes de endemias.

“Temos o objetivo de mapear a incidência do vírus e projetar o número de cidadãos que tiveram contato com o novo coronavírus podendo assim diagnosticá-los e em seguida praticarmos os protocolos necessários para interromper a cadeia de transmissão da doença”, afirma o Superintendente de Vigilância em Saúde da SMS,  Yves Mauro Ternes.

Resultado online

O cidadão testado receberá um código de identificação fornecido durante a visita técnica, sendo esta a única forma de reconhecimento e identidade do paciente. No protocolo haverá o endereço do link de acesso aos resultados. Ao contrário dos inquéritos anteriores, a Vigilância em Saúde (SVS) fará a liberação de todos exames realizados. O cidadão, independentemente de reação positiva ou negativa para Covid-19, terá acesso ao laudo.

Assim que identificar os casos positivos, a SMS realizará os protocolos necessários para interrupção do ciclo de transmissão, que envolve a identificação e testagem dos familiares contratantes desse paciente.

Nos três primeiros inquéritos foram testadas quase 10 mil pessoas. No último, realizado no dia 20 de junho, cada um dos distritos sanitários apresentou uma taxa de infecção diferente. O distrito Noroeste registrou o maior índice de contaminação da população pelo novo coronavírus, cerca de 4%. 

Os resultados mostraram também que 2,1% da população da capital, ou 31.838 mil pessoas, já tiveram a doença, até o dia 10/06/2020. O Inquérito Soroepidemiológico é uma ação realizada pela Secretaria Municipal De Saúde (SMS) e conta com parcerias da Universidade Federal de Goiás (UFG) e Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO).