25.8 C
Goiânia
sábado, 13, abril 2024
- Anúncio -

Polícia afirma que Joice Hasselmann não sofreu agressões de terceiros

A deputada imaginou que poderia ter sido agredida por invasores em seu apartamento

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF) divulgou nesta sexta-feira (13) resultado acerca das investigações do incidente com a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP).

Segundo laudo, a parlamentar não teria sofrido agressões por parte de terceiros, na verdade, segundo os agentes, ela veio a cair “de sua própria altura”, possivelmente por causa de efeito causado pela ingestão de remédios para dormir.

No dia do fato, 18 de julho, a parlamentar havia acordado na madrugada maxucada e com marca de sangue em seu quarto — em seu apartamento funcional, em Brasília.

Ela ligou para o marido, que estava num quarto separado, por problemas de ronco, e pediu socorro. Ele prestou os primeiros atendimentos, já que é médico e a levou para um hospital. A política teve corte no queixo, dois dentes quebrados, além de fraturas no rosto e na costela. 

Após o ocorrido, Joice solicitou à Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados (Depol) que investigasse o caso, pois acreditava que alguém poderia ter entrado em sua casa e a agredido.

As primeiras investigações descartaram o envolvimento do marido de Joice nas supostas agressões. Pelas redes sociais ele foi acusado de tê-la agredido.

Durante todas as entrevistas, Joice afirmava com veemência que o marido não seria capaz de agredi-la. Ela chegou a afirmar que iria processar todas as pessoas que tivessem acusando-o de agressão.


Leia mais: Prefeitura de Goiânia realiza trabalho de orientação no trânsito a partir dessa segunda-feira

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -