28.8 C
Goiânia
sábado, 22, janeiro 2022
- Anúncio -

Operação cumpre mandados contra secretário de Aparecida e no HMAP

A investigação apura se houve superfaturamento na prestação do serviço, entre outras supostas irregularidades.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (4), a 2ª fase da Operação Falso Positivo, que apura o direcionamento da contratação de um laboratório pela prefeitura de Aparecida de Goiânia, por meio do Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), que presta serviço no Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP).

Agentes da Delegacia Estadual de Combate à Corrupção (Dercap), cumpriram três mandados de busca e apreensão na residência de um secretário municipal de Aparecida – que não teve o nome revelado – na Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e no Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP).

A investigação apura também se houve superfaturamento na prestação do serviço, emissão de notas fiscais de exames laboratoriais sem a efetiva prestação do serviço e de notas que podem ter sido pagas indevidamente pela prefeitura, além da participação de servidores públicos da prefeitura de Aparecida de Goiânia.


Leia mais: “Estão querendo garantir recursos ao centrão no período eleitoral”, diz Otoni sobre precatórios

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -