19.8 C
Goiânia
sábado, 15, junho 2024
- Anúncio -

Novo estatuto do Goiás passará por duas votações nesta semana; confira os detalhes

Caso a aprovação seja efetivada, o clube mudará a sua estrutura administrativa e não terá mais um presidente executivo

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O novo estatuto do Goiás Esporte Clube está pronto e deverá passar por duas votações nesta semana. Os conselheiros e os sócios-proprietários já receberam o novo estatuto e nesta terça-feira (21), o Conselho Deliberativo do clube se reunirá para a primeira aprovação.

Caso o desfecho da votação seja positivo, o documento passará por uma nova votação na quinta-feira (23), desta vez com todos os sócios-proprietários e conselheiros, para a aprovação final do novo estatuto. 

Leia mais: Evangelista se despede do Goiás: “capítulo marcante e inesquecível na minha carreira”

Na votação do Conselho Deliberativo, o estatuto precisa ser aprovado por 50% mais um dos 254 conselheiros do clube. Em relação a votação dos sócios-proprietários, o cenário é diferente, com 731 sócios, o Goiás precisa de 3/5 da maioria para aprovar o novo estatuto. 

Caso a aprovação seja efetivada, o Goiás mudará a sua estrutura política e administrativa e o clube não terá mais um presidente executivo. Será criado um conselho de gestão com cinco pessoas, três conselheiros e dois executivos contratados de fora do clube). Esse conselho vai escolher e contratar  um CEO executivo, que será responsável por tudo dentro do clube. 

Esse CEO, irá escolher os executivos responsáveis pelas demais pastas do clube: financeiro, base, esportes olímpicos, futebol e etc. Vale ressaltar que de acordo com o novo estatuto, nenhum dos indicados poderá ter relação com o Goiás, deverão ser pessoas de fora e com qualificação para assumir suas respectivas funções em cada área do clube.

Confira a o esboço da proposta do novo estatuto do Goiás Esporte Clube, de acordo com a página Sintonia Esmeraldina:

Sócios

Conselho Deliberativo

  • Conduz as decisões estratégicas e políticas do clube.

Conselho Administrativo

  • Composto por 5 membros (3 sócios e 2 independentes remunerados).
  • Define a gestão financeira e operacional do clube.
  • Monitora e supervisiona a diretoria executiva.

Executivo

CEO (Diretor Executivo)

  • Lidera a organização e implementa a estratégia do clube.

Diretoria de Futebol Profissional

  • Responsável pela gestão do time profissional e suas operações.

Diretoria Administrativa e Financeira

  • Gerencia as finanças e as operações administrativas do clube.

Diretoria de Novos Negócios e Branding

  • Foca em oportunidades de negócios e na construção da marca do clube.

Diretoria Iniciação Esportiva

  • Encarregada de desenvolver jovens talentos e a base do clube.

Observações:

  • A Diretoria Executiva é liderada pelo CEO e trabalha em estreita colaboração com as demais diretorias.
  • Os membros da Diretoria Executiva são remunerados.
  • Candidatos a cargos-chave não podem ter sido sócios nos últimos 5 anos, nem ter parentesco com a presidência, vice-presidência do conselho ou membros do conselho de administração.
  • O Conselho Deliberativo desempenha um papel de supervisão e aprovação das decisões estratégicas do clube.
  • O Conselho Administrativo tem um papel fundamental na gestão financeira e operacional.
  • A equipe executiva lidera a implementação das estratégias definidas pelos conselhos e diretorias para atingir os objetivos do clube.

 

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -