Ministro indicado por Bolsonaro pede vista de processo sobre suspeição de Moro

0
STF julga suspeição de Moro contra Lula. Foto: montagem.

O Ministro Nunes Marques, do STF (Supremo Tribunal Federal), pediu vista da ação que analisa a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro em processo contra o ex-presidente Lula (PT). Nunes afirmou que não conhece o processo o suficiente e por este motivo pediu mais tempo para análise.

“Todos os demais membros da Segunda Turma já são senhores no conteúdo deste processo. Já o conhecem e não teriam dificuldade de votar mesmo com processo sendo pautado com exíguo espaço de tempo. Então, senhor presidente, peço as devidas escusas a Vossas Excelências, mas preciso pedir vista para analisar o conteúdo desse processo”, disse Nunes em seu voto.

Com essa decisão fica adiada, portanto, a conclusão acerca do imbróglio político sobre Lula, já que existe a possibilidade dele sair candidato à Presidência da República, em 2022. Ontem o ministro Edson Fachin decidiu anular todos os processos contra Lula sobre a operação Lava Jato, tornando-o elegível.

Até o momento, somente Cármen Lúcia, Edson Fachin (ambos votaram a favor de Moro, mas podem mudar os votos) e Gilmar Mendes (votou contra Moro) votaram. Restando Lewandowski e Nunes Marques. Com pedido de vista, a Suprema Corte não tem prazo para voltar com esta ação.