29.8 C
Goiânia
sexta-feira, 19, abril 2024
- Anúncio -

Maurício Souza pede desculpas por declarações homofóbicas, mas diz não ter cometido crime

Jogador de vôlei da Seleção Brasileira deu declarações consideradas homofóbicas em suas redes sociais e se retratou após repercussão negativa

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O jogador de vôlei da Seleção Brasileira, Maurício Souza, publicou um vídeo em seu instagram nesta quarta-feira (27) se desculpando das declarações realizadas também em suas redes sociais repercutirem como homofobia. Apesar de se retratar com quem se sentiu ofendido, Maurício fez questão de ressaltar sua crença e declarou que acredita não ser crime defendê-la.

Em seu vídeo ele diz: “Vim aqui para pedir desculpas a todos que se sentiram ofendidos com minha opinião. Por eu defender aquilo que eu acredito. Não foi minha intenção. Respeito todos, sempre respeitei dentro e fora de quadra. Joguei com vários homossexuais e várias pessoas com gêneros diferentes”.

Além disso, o atleta externou também sua situação delicada no Minas Tênis Clube. Ele foi suspenso após o episódio e chegou a receber apoio dos companheiros de elenco, que ameaçaram boicotar o time caso Maurício fosse punido. Porém, a pressão das duas grandes patrocinadoras do clube levou a direção a confirmar a suspensão do jogador.

Bastante chateado, Maurício revelou até que poderá deixar o Minas: “Talvez eu venha sair por causa de uma opinião. Hoje a gente não pode dar opinião que será penalizado. Se eu sair do time, pode ter certeza que arrumo outro. Eu não jogo porque sou alto ou bonitinho, mas porque sou competente. Assim como o homossexual joga por competência”, conclui.

O imbróglio aconteceu após uma postagem de Maurício Souza em seu twitter oficial aonde ele critica a nova versão do Superman, anunciada pela DC Comics, em que Clark Kent será um personagem bissexual. Ele declarou: “Hoje em dia o certo é errado e o errado é certo… Não se depender de mim. Se tem que escolher um lado eu fico do lado que eu acho certo! Fico com minhas crenças, valores e ideias. ‘Ah, é só um desenho, não é nada demais’. Vai nessa que vai ver onde vamos parar”.

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -