Mantida condenação de Cachoeira

0
Terceira Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região manteve por unanimidade a condenação de Carlos Augusto de Almeida Ramos (Foto: reprodução/internet)

Em sessão realizada nesta terça-feira,2, a Terceira Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) manteve por unanimidade a condenação de Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, e ainda de outros sete réus na Operação Monte Carlo. A defesa de Cachoeira e dos outros seis réus anunciaram que irão protocolar recurso contra a decisão.  

Durante a sessão , foram rejeitadas apelações dos réus, do Ministério Público Federal (MPF) – que perdia aumento de penas – e ainda de terceiros interessados no desbloqueio de bens dos réus. A defesa dos réus alegou nulidade das interceptações telefônicas deitas pela Operação Monte Carlo.

Embora tenha mantido a condenação de Cachoeira , o TRF-1 decidiu reduzir a pena. Agora, segundo o MPF, a nova pena de Carlinhos Cachoeira  seria de 36 anos e nove meses, mas a condenação pode sofrer alterações até a publicação oficial.

Com base na jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), o MPF considera que já pode solicitar a execução da pena dos condenados.  

Leia também:

Confusão encerra audiência de Sérgio Moro na câmara; ouça comentário de Altair Tavares

Marconi Perillo é denunciado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa