Major Araújo: “É preciso buscar o caminho do Executivo para participar da vida pública de fato”

0
Foto: Sara Queiroz

A Rádio Bandeirantes Goiânia continua a série de entrevistas com os pré-candidatos à Prefeitura de Goiânia. Nesta quinta-feira, 6, o entrevistado foi o deputado estadual Major Araújo (PSL). Em 2016, ele foi vice na chapa vitoriosa comanda por Iris Rezende (MDB), mas desistiu de assumir antes da posse. Agora, ele pretende buscar seu caminho no executivo e chegar ao cargo mais alto do Paço Municipal.

Para o deputado, seus eleitores, principalmente os militares, vão compreender a situação de deixar a Assembleia para assumir o Executivo, caso ele saía vitorioso da eleição: “Eu tenho dito que estou no terceiro mandato de deputado estadual e cansado de ser o deputado é quase que figurante nas políticas públicas. Quem manda é o Executivo”.

De acordo com ele, é preciso “buscar o caminho do Executivo para você participar da vida pública de fato”.

Questionado sobre as últimas eleições municipais de 2016, em que foi vice de Iris, a questão de ter deixado o mandato em Goiânia para continuar na Assembleia Legislativa já foi entendida por seus eleitores que até o “parabenizam” pela atitude. “Isso está muito bem explicado, tive razões fortes para ter resolvido permanecer na Assembleia e não ter tomado posse”, afirmou.

De acordo com o parlamentar durante a campanha ele teria enfrentado um “boicote” por parte do MDB e foi “vítima de intolerância” e “assédio”.

Durante a entrevista, Major Araújo também falou sobre a questão da mobilidade urbana na capital e decretou “que quem chegar na campanha e pensar que vai melhorar o transporte e não pensa em metrô está mentindo”.

Escute a entrevista na íntegra:

Leia mais:

Francisco Júnior sobre possível chegada de Vanderlan ao PSD: “O que importa é o projeto”