28.8 C
Goiânia
segunda-feira, 15, abril 2024
- Anúncio -

Mais de mil imóveis serão regularizados em Goiânia

Moradias contempladas ficam no bairro Parque Anhanguera II

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Agência Goiana de Habitação (Agehab), deu início ao processo de regularização fundiária no bairro Parque Anhanguera II, em Goiânia, com a realização da primeira reunião com famílias que têm direito ao benefício, nesta segunda-feira (13), às 19H00. A reunião será conduzida pelo presidente da Agehab, Pedro Sales. Ao todo, 1.160 imóveis do bairro são passíveis de regularização.

Conforme termo de cooperação técnica assinado recentemente, o processo de regularização no bairro tem parceria com a Prefeitura de Goiânia. O levantamento topográfico e projeto urbanístico já foi realizado e agora a Agehab aguarda a aprovação dele junto ao município. “A partir desta reunião com os moradores do bairro, vamos iniciar o cadastramento das famílias, coleta de documentos e de termo de ciência desses possíveis beneficiários”, explica o presidente Pedro Sales.

O cadastro somente pode ser realizado pela pessoa que responde pelo imóvel. Em caso de dúvida, o interessado pode entrar em contato com a empresa Platec, contratada pela Agehab para realizar o cadastramento. Os cadastradores farão visitas de casa em casa e estarão identificados com crachá e colete. O telefone de contato é (62) 99613-5321.

A Agehab solicita que os moradores providenciem desde já os seguintes documentos originais: identidade e CPF do titular do imóvel, cônjuge e filhos; documento de estado civil (se casado: certidão de casamento ou união estável. Se solteiro: certidão de nascimento); comprovante de endereço; comprovante de renda; termo de assentamento ou posse.

A agencia ressalta que depois do cadastramento e coleta de documentos, a Agehab analisa os dados, insere no sistema e publica a lista de beneficiários contemplados. Feito isto, a agência aguarda a manifestação das outras secretarias envolvidas, depois, envia a listagem das famílias beneficiadas ao município e, diante da aprovação municipal, o cartório será acionado para o registro do documento, antes da entrega definitiva.

Leia mais:Em Caldas Novas, jovem é indiciado por maus tratos aos animais

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -