17.8 C
Goiânia
segunda-feira, 17, junho 2024
- Anúncio -

João Grego explica sua saída do movimento “Goiás Para Todos”; assista

Grego buscou a assinatura de Marcelo Almeida e tal gesto gerou um mal-estar no GPT, após a informação ter sido vazada

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O ex-gestor de marketing e comunicação do Goiás Esporte Clube, João Grego, deixou o “Goiás Para Todos”, grupo que faz oposição a atual gestão do clube e tem como objetivo reivindicar o direito de voto dos sócios-proprietários nas eleições presidenciais do clube.  

Leia mais: Após entrave, “Goiás Para Todos” protocola novo pedido de assembleia geral para mudança no estatuto

Em entrevista exclusiva à Rádio Bandeirantes, João Grego explicou que um dos motivos de sua saída foi o fato de o ex-presidente Marcelo Almeida ter assinado o abaixo assinado do novo pedido de Assembleia Extraordinária protocolado pelo “Goiás Para Todos”. 

Grego buscou a assinatura de Marcelo Almeida e tal gesto gerou um mal-estar no GPT, após a informação ter sido vazada. No entanto, ele esclareceu que deixou apenas de um líder e porta-voz do movimento, mas segue apoiando as ideias do grupo e ajudando no que for necessário.  

Vale lembrar que para reivindicar uma Assembleia Extraordinária são necessárias pelo menos 85 assinaturas de sócios adimplentes. De acordo com o GPT, o primeiro requerimento tinha mais de 100 assinaturas. No entanto, o Goiás alegou que apenas 76 são válidas. Dessa forma, os advogados do grupo colheram mais treze assinaturas e protocolaram um novo requerimento na última sexta-feira (20).

Assista a entrevista de João Grego:

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -