Jataí, Luziânia, Formosa, Caldas Novas e Itumbiara aderem à Lei Seca

0

A Central de Fiscalização Covid-19 de Goiânia começa a fiscalizar nesta quinta-feira, 28, a partir das 19h, o cumprimento do decreto municipal que determina horário de funcionamento dos estabelecimentos noturnos na capital com objetivo de conter o avanço do coronavírus. Segundo a Prefeitura de Goiânia os mercados e supermercados que comercializam bebidas alcoólicas devem obedecer ao horário de funcionamento das 8h às 23h. A mesma regra para delivery de bebidas alcoólicas. Já os shows ao vivo em bares e similares precisam ser encerrados até as 22h.

CATALÃO

Em Catalão, ao sudeste do estado, e com 890 novos casos por dia, o decreto que suspende por 15 dias a realização de eventos, visitações em presídios e aulas de qualquer tipo. Ainda não foi detalhado no decreto o horário de funcionamento de restaurantes e bares.

CALDAS NOVAS

O prefeito da cidade de Caldas Novas, Kleber Marra, sancionou lei seca no município. O chefe do Executivo do município anunciou, em live realizada nessa quarta-feira (27/1), que a venda de bebidas alcoólicas está proibida entre 22h e 6h, com objetivo inibir aglomerações. Estabelecimentos que comercializem refeições, como bares e restaurantes, têm autorização para funcionar até a meia-noite, desde que não vendam bebidas etílicas no horário determinado. Toda a rede de hotelaria fica limitada a 70% da taxa de ocupação, enquanto condomínios de hospedagens temporárias podem funcionar com capacidade máxima de 50%.

FORMOSA

A cidade de Formosa deve seguir a orientação do que foi estabelecido pelo estado de Goiás, mas ainda não informou informou se será publicado um decreto municipal.

LUZIÂNIA

Luziânia está de acordo com a orientação do governo estadual e publicou um decreto limitando o funcionamento de bares e restaurantes. Durante a semana, bares, distribuidoras e restaurantes podem vender bebidas alcoólicas até as 22h. Já nos finais de semana e feriados, esse horário é estendido para 23h.

JATAÍ

A Prefeitura de Jataí, publicou hoje, quarta-feira (27), o decreto que determina o impedimento do comércio e consumo de bebidas alcoólicas em locais de uso público ou coletivo, das 22h às 6h no município. Conforme o decreto municipal, o estabelecimento que descumprir as regras está sujeito às penalidades como multa e interdição do estabelecimento pelo prazo de 10 dias.

RIO VERDE

Paulo do Vale, prefeito de Rio Verde, informou que a cidade não irá aderir ao decreto estadual, diante dos índices municipais não indicarem a segunda onda da Covid vivenciada pelo restante do estado.

APARECIDA DE GOIÂNIA

Em Aparecida de Goiânia, o prefeito Gustavo Mendanha é favorável À Lei Seca. Apenas na terça-feira (2), serão divulgadas as restrições em relação ao funcionamento de bares e restaurantes.