27.8 C
Goiânia
sábado, 13, abril 2024
- Anúncio -

Hidrolândia espera movimentar mais de R$ 10 milhões com safra de jabuticaba em 2022

Há cerca de 70 mil pés de jabuticaba catalogados na cidade.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Líder no cultivo de jabuticaba no Brasil, o município de Hidrolândia, na região metropolitana de Goiânia, se prepara para o início da safra de 2022, neste sábado (3). Segundo informações da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura de Hidrolândia, há cerca de 70 mil pés de jabuticaba catalogados na cidade e a expectativa é que a temporada 2022 renda mais de R$ 10 milhões para os produtores.

Seguindo a tradição, a partir de setembro a cidade abre a temporada de visitas às propriedades para a prática de ecoturismo, onde os visitantes podem desfrutar de caminhadas nos pomares, apreciam os frutos e seus derivados, como geleias, licores e doces. “Como de costume, os produtores aguardam o período das chuvas, que começam esparsas a partir de setembro e fazem com que a safra se estenda até a primeira quinzena de novembro”, informa Alenir Batista, extensionista local da Emater.

A Agência auxilia tecnicamente os produtores, com orientações sobre a produção e a manipulação do fruto. Atualmente, cerca de 114 propriedades produtoras de jabuticaba são acompanhadas pela instituição em Hidrolândia. Além disso, são desenvolvidas pesquisas que visam estudar e definir estratégias para a exploração e cultivo da jabuticaba em Goiás. A jabuticabeira é uma planta nativa da mata atlântica que se adaptou muito bem às condições do Cerrado.

Maior pomar de jabuticaba do mundo

Detentora do título de maior pomar de jabuticaba do mundo, a Fazenda e Vinícola Jabuticabal está com alta expectativa para a safra deste ano. Ao todo, é esperada a colheita de 1.400 toneladas do fruto, provenientes dos 42 mil pés de jabuticaba na propriedade. “Produzimos derivados da fruta, como aguardente, licores, geleias, fermentados e outros produtos. Também realizamos atividades de turismo rural, abrindo as portas da fazenda e da vinícola para visitantes”, destaca Marcos Paulo Batista, responsável técnico da Vinícola Jabuticabal.

A produção de jabuticaba movimenta a economia local e coloca o município no mapa como o maior produtor do fruto no Brasil, de acordo com o censo agropecuário de 2017 do IBGE. O trabalho nos pomares é realizado com assistência técnica da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), que auxilia os produtores em relação ao processamento e à comercialização de jabuticaba e produtos derivados.


Leia mais: Simone Tebet comemora retirada de vídeo de propaganda da campanha do presidente Bolsonaro

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -