Goiânia terá três pontos “drive-thru” para vacinação contra gripe

0
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

A partir desta terça-feira (24), idosos e trabalhadores de saúde que queiram se vacinar contra a gripe em Goiânia podem fazer isso sem sair do carro.

O Governo de Goiás informou que montou uma estrutura de “drive thru” de vacinação no pátio do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), para colaborar com a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza que foi iniciada ontem (23). E a prefeitura de Goiânia também está com duas estruturas para essa modalidade de vacinação capital: um no estacionamento do Flamboyant Shopping Center e outro no estacionamento do Passeio das Águas Shopping.

O objetivo dessa modalidade de atendimento é ajudar a evitar aglomerações, como parte das medidas de prevenção ao novo coronavírus.

O governo estadual informou que em relação à estrutura do Detran, somente pessoas a bordo de carros poderão ter acesso à sede da autarquia. Para isso, os idosos devem apresentar identidade (RG) e cartão de vacinação. Já os trabalhadores da saúde devem estar munidos com documento pessoal e que comprove vínculo ou categoria profissional, como o contracheque ou o crachá.

Já a prefeitura de Goiânia afirmou que as unidades nos shoppings funcionarão das 8 às 17 horas, como os demais postos.

Campanha

Segundo a secretaria de saúde do município, só nesta segunda-feira, primeiro dia da vacinação, já foram aplicadas mais de 40 mil doses na rede pública em Goiânia. A população-alvo deste grupo é de 177.284 pessoas. Além do sistema “drive thru”, a pasta informou que aqui Goiânia está com mais de 70 postos em locais arejados e ao ar livre, com todas as medidas de prevenção necessárias.

Na primeira fase de vacinação, vão receber a vacina os idosos a partir de 60 anos e os trabalhadores da saúde. Segundo a SMS, A população-alvo deste grupo é de 177.284 pessoas.

 A segunda fase começa no dia 16 de abril e é destinada aos professores das escolas públicas e privadas, profissionais da força de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas não transmissíveis.

A terceira fase se inicia em 9 de maio e vai atender gestantes, puérperas (mulheres que deram a luz há pouco tempo), crianças entre 6 meses a menores de 6 anos, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, povos indígenas, pessoas com deficiência e adultos de 55 a 59 anos de idades.

Leia mais:

Campanha de vacinação contra gripe em Goiânia tem postos alternativos; Veja novos locais