8.8 C
Goiânia
sexta-feira, 20, maio 2022
- Anúncio -

Goiânia já tem mais de 150 mil multas por excesso de velocidade em 2022

A solução, segundo o secretário de mobilidade da capital, é dar ênfase em ações que mudem o comportamento dos motoristas.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Segundo divulgado pelo secretário de mobilidade de Goiânia, Horácio Mello, a capital já tem mais de 150 mil multas por excesso de velocidade somente em 2022. “Isso é um absurdo. Só para comparar, a segunda infração mais detectada é a invasão de semáforo, com 25 mil. Ou seja, seis vezes menos que a primeira colocada”, observou o secretário, em entrevista à Bandeirantes nesta quinta-feira (12).

“O excesso de velocidade é muito perigoso para todos. Em vias urbanas não dá para querer ganhar tempo correndo. Vai perder tempo, matar pessoas, mas se cada um fizer sua parte e harmonizar o trânsito, vai chegar mais rápido”, enfatizou Horácio Mello que completou: “o número de multas é assustador, mas não queremos esse número de multas”.

De acordo com relatório das 10 infrações de trânsito mais cometidas em 2021, com dados da Prefeitura de Goiânia, o excesso de velocidade liderou o número com folga. Foram 376.454 até dia 29 de dezembro. A segunda no ranking foi transitar em faixa exclusiva para o transporte público, com 47.919. O número de multas por excesso de velocidade neste ano já corresponde a cerca de 40% do que foi aplicado no ano passado.

Conscientização

A solução, segundo o secretário, é dar ênfase em ações que mudem o comportamento dos motoristas. “A vacina, a solução dessa violência no trânsito é o comportamento de cada um. É a consciência de cada um que vai reverter esse quadro”, pontuou, após citar ações que motoristas poderiam fazer para mudar o cenário.

Neste mês de maio é realizada em todo o país a campanha Maio Amarelo, que tem por objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Em Goiânia, haverá um conjunto de ações nos horários e dias em que acidentes ocorrem com mais frequência e maior gravidade: sexta, sábado e domingo, principalmente durante a madrugada.

“Essa operação por exemplo, de álcool, realizada pelo Detran, é fundamental”, comentou. Já a SMM irá realizar ações de circulação, estacionamento e parada. Infrações voltadas, segundo Horácio, para o comportamento dos condutores.  

Licitação semáforo

Horácio explica que há duas licitações suspensas. Uma delas é a de lombada, que é sobre controle e monitoramento da via. “Não é só controle de velocidade, tem rastreamento de veículos roubados, velocidade média da via, contagem veículos que passam por ali. Então essas lombadas que detestam velocidade, como por exemplo, uma lombada de 40 km/h, com redução pontual na porta de uma escola, tem outras funções também”.

A outra licitação que está suspensa diz respeito a contratação de uma empresa que vai implantar um novo sistema semafórico da capital. “Estamos tentando construir editais dos mais transparentes possíveis, para que provoquem ao final, o maior custo benefício para cidade. Custo menor com qualidade e tecnologia melhor”, diz ele. Ainda de acordo com o secretário, algumas empresas não tem determinados equipamentos.


Leia mais: Previdência: governo estadual lança serviço para recadastramento digital da prova de vida

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -