28.8 C
Goiânia
sábado, 23, outubro 2021
- Anúncio -

Goiânia inicia com a dose de reforço anticovid em profissionais da saúde

Nesta quinta-feira haverá diversos pontos disponíveis na capital

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Inicia nesta quinta-feira (7), em Goiânia, a vacinação contra a covid-19 para a terceira dose em profissionais da saúde.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS), a imunização para primeira dose continua em dois hospitais, no Hospital e Maternidade Municipal Célia Câmara e no Hospital de Doenças Tropicais (HDT).

A secretaria informa também que o drive-thru do Shopping Passeio das Águas estará à disposição dos profissionais de saúde com 2 mil senhas disponíveis. Para receber o imunizante, os profissionais precisam apresentar o comprovante que receberam a segunda dose até dia 31 de março e um documento que comprove a função profissional na área da saúde.

No caso de adolescentes de 12 a 17 anos, a imunização segue, por agendamento, em nove locais da capital. A SMS explica que novos agendamentos serão abertos a partir desta sexta-feira (8).

Para idosos acima de 65 anos que tomaram a segunda dose há mais de seis meses, ou seja, até o dia 7 de abril, e as pessoas imunossuprimidas que estejam com mais de 28 dias da segunda aplicação do imunizante podem procurar um dos 24 postos de atendimento, além do drive-thru do Shopping Passeio das Águas. Neste caso, a pasta diz que será por demanda espontânea.

A aplicação da segunda dose da vacina Coronavac em pessoas com data marcada para o dia 7 de outubro e em atraso continua em 50 salas de vacinação do município. Nesses mesmos locais também continuam sendo vacinadas pessoas a partir de 18 anos de idade que ainda não tomaram a primeira dose.

A segunda dose da CoronaVac também continua sendo fornecida em 16 pontos, juntamente com as vacinas AstraZeneca e Pfizer, para quem está aprazado para o dia 7 de outubro ou em atraso. Não há necessidade de agendamento.

O Centro Municipal de Vacinação (CMV) se mantém como referência no atendimento de gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), sem a necessidade de agendamento.

A secretaria explica que basta conferir os postos de vacinação e mais informações, o site da Prefeitura de Goiânia fornece a plataforma Imuniza Gyn, atualizada todos os dias após as 17h.


Leia mais: Por falta de quórum, Câmara Municipal de Goiânia não realiza sessão

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -