32.8 C
Goiânia
sábado, 22, janeiro 2022
- Anúncio -

Fazendeira convenceu Wanderson Mota Protácio a se entregar à polícia

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A fazendeira Cindra Mara contou como convenceu o caseiro Wanderson Mota Protácio, de 21 anos, suspeito de matar a mulher grávida, a enteada e um fazendeiro, a se entregar à polícia neste sábado (4).  De acordo com a mulher, ela estava dormindo quando o homem invadiu a casa dela.

“Eu estava dormindo, era 6 horas da manhã, a janela estava meio aberta na minha fazenda. Aí ele chegou com o revólver, apontou a arma e eu falei pra ele ficar tranquilo: ‘eu vou te ajudar, não fica nervoso’”, contou.

Conforme a fazendeira, Wanderson pediu café e apontou a arma dando voz de assalto. “Ele pediu bolacha, ele estava tremendo demais porque estava com muito frio. A gente deu uma blusa para ele vestir, aí ele vestiu a blusa. Aí teve um momento que ele tentou se desvencilhar de mim. Ele estava com revólver, estava carregado, cheio de bala”, detalhou Cindra.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -