Eurocopa é adiada para 2021

0
Imagem: Anton Vaganov/Reuters

Na manhã desta terça-feira,17, a UEFA anunciou o adiantamento da disputa da Eurocopa 2021. A decisão foi anunciada após reunião realizada hoje.

A medida vai beneficiar os clubes europeus, já que os torneios foram suspensos por conta do Covid-19 e o calendário ficaria apertado com a disputa anteriormente marcada para o período entre 12 de junho e 12 de julho deste ano.

Era importante que, como órgão do futebol europeu, a Uefa liderasse o processo e fizesse o maior sacrifício. A mudança do Euro 2020 tem um custo enorme para a Uefa, mas faremos o nosso melhor para garantir que o vital financiamento para o futebol de base, o futebol feminino e o desenvolvimento do esporte em nossos 55 países não seja afetado. A finalidade do lucro tem sido nosso princípio norteador na tomada dessa decisão para o bem do futebol europeu como um todo – disse Ceferin.

A Eurocopa do próximo ano, deve seguir o mesmo formato que estava estabelecido para este ano, com 12 cidades por toda a Europa como sedes das partidas. Anteriormente, a UEFA havia cogitado cancelar algumas sedes da competição.

O presidente da entidade agradeceu todos os envolvidos na decisão, destacando que houve acordo nos princípios básicos e que os detalhes ainda serão definidos, enfatizando que foi priorizado um “objetivo acima do lucro”.

– Gostaria de agradecer à Fifa e a seu presidente, Gianni Infantino, que indicou que fará o que for necessário para fazer esse novo calendário funcionar. Diante desta crise, o futebol mostrou seu melhor lado com abertura, solidariedade e tolerância.

A UEFA fará um acordo com a Fifa, já que na metade do ano que vem a previsão era de que acontecesse o primeiro Mundial de Clubes no novo formato.

As sedes da Euro são:

Amsterdã (Holanda)
Baku (Azerbaijão)
Bilbao (Espanha)
Bucareste (Romênia)
Budapeste (Hungria)
Copenhague (Dinamarca)
Dublin (Irlanda)
Glasgow (Escócia)
Londres (Inglaterra)
Munique (Alemanha)
Roma (Itália)
São Petersburgo (Rússia)