Especial RB Goiânia: médicos garantem segurança para retorno do futebol

0
Foto: Reprodução / Grêmio

Após um mês de férias em abril, o mês de maio está sendo marcado pela luta dos clubes para a volta das atividades esportivas. Mesmo sem previsão para o retorno dos campeonatos, as diretorias e jogadores querem ter o direito de, ao menos, retomar os treinamentos. E para isso, médicos estão importando protocolos europeus para colocar em prática em suas equipes.

Nesta semana, o jornalista Bruno Daniel, das Feras do Esporte, conversou com médicos que estão à frente do retorno das atividades em dois importantes clubes do Brasil: Avaí e Grêmio. As entrevistas aconteceram ao vivo, no programa Esporte Notícia, da Rádio Bandeirantes Goiânia.

Dr. Paulo Rabaldo, médico do Grêmio

O Grêmio finalizou a segunda semana de treinamentos no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, com atividades divididas em seis grupos. O clube fez modificações para estar apto a ter movimentações de jogadores em meio à pandemia.

“Houve um trabalho exaustivo de preparação do protocolo. E ele foi plenamente aceito, houve poucas mudanças no que a gente colocou. Os atletas assimilaram bastante e o auxilio de nós, funcionários, está sendo fundamental nesse trabalho de dia a dia”, contou Rabaldo.

“Do lado externo, foram colocadas estações para atendimento aos atletas. No campo, jogadores e comissão técnica colocam em prática o distanciamento social. As estruturas provisórias foram construídas conforme critérios estabelecidos pelos órgãos de saúde. Na central ao ar livre, com 200 metros quadrados, permanecem o departamento médico, de fisiologia, nutrição e demais áreas, para o pré e pós treino de atletas e membros do CT”, contou o supervisor de futebol, Marcelo Rudolph.

Entrevista completa

Confira a entrevista completa com o dr. Paulo Rabaldo, médico do Grêmio, conduzida por Bruno Daniel.

Dr. Luís Fernando Zukanovich Funchal, médico do Avaí

Primeiro clube de Santa Catarina a fazer os testes para a Covid-19, o Avaí realizou a coleta na última segunda-feira (11) em sua sede, a Ressacada. Com o teste RT-PCR e de sangue para análise sorológica por luminescência, foi detectado que quatro jogadores testaram positivo para o coronavírus e, destes, um ainda está infectado e os outros três já tiveram a doença e hoje já estão curados.

“Cabe a nós que trabalhamos no futebol estabelecer uma possibilidade, uma regra que possa ser seguida por todos e trazer a possibilidade do retorno do futebol profissional”, contou Funchal.

Segundo o médico, a volta aos treinamentos é segura e o protocolo é eficaz.

Entrevista completa

Confira a entrevista completa com o dr. Luís Fernando Zukanovich Funchal, médico do Avaí, conduzida por Bruno Daniel.

Futebol é com a Bandeirantes!

Siga as Feras do Esporte no Instagram e acompanhe diariamente o conteúdo que vai ao ar em 820 AM. Veja o estúdio ao vivo pelos perfis da Rádio Bandeirantes no YouTube e Facebook.

10h às 12h – Esporte Notícia
12h às 14h – Esporte em Debate
17h às 19h – Band Esporte Clube
19h às 20h – Panorama Esportivo
21h às 22h – Apito Esportivo