Entre ausência e retornos, Tigrão está definido para enfrentar o Anápolis

0
Imagem: Comunicação / Vila Nova

Após dois empates sem gols diante do Goiás e Ponte Preta e derrota diante do Jaraguá na nona rodada do Campeonato Goiano, o time colorado teve uma semana cheia de trabalho para o compromisso decisivo diante do Anápolis, no Onesio Brasileiro Alvarenga, neste sábado,14, às 16 horas. ,

O Vila Nova terá um desfalque e o retorno de dois jogadores para enfrentar o Anápolis. O meia Emanuel Biancucchi foi vetado pelo departamento médico com dores na costela. Em compensação o técnico conta com a volta do zagueiro Adalberto, que cumpriu suspensão, e o atacante Nando, recuperado de problemas muscular.

O treinador ficou decepcionado com a atuação apática do time colorado. De acordo com o técnico Bolívar, o time precisa ganhar na força e na vontade.

– Esse foi o tom que tive com os atletas. Não poderíamos depois de grandes atuações jogar da maneira como foi contra o Jaraguá. Sempre falo que a gente pode estar em um dia não tão bom tecnicamente, mas às vezes temos que ganhar na força, emparelhar com o adversário, aí a individualidade aparece. Fomos muito abaixo no geral – comentou.

O Vila Nova está com nove pontos e fora da faixa de classificação para a próxima fase do Campeonato Goiano e perto da zona de rebaixamento. O treinador admite estar incomodado e se cobra para conquistar os primeiros três pontos no comando do time colorado.

– A gente se cobra muito. Eu era assim como jogador e sou assim como técnico, estou muito incomodado, quero buscar a primeira vitória sob o meu comando, me cobro muito, espero que a gente possa conseguir essa vitória para entrar na zona de classificação.

O Vila Nova está escalado com: Fabrício; Crystian, Danrlei, Adalberto e Mário Henrique; Liel, Pedro Bambu e Gilsinho; Talles, Nando e Lucas Silva.