Enem 2019: começa distribuição de provas nos estados

0
Distribuição das provas do Enem 2019 para os estados começou a ser realizada a um mês do exame. Imagem: Divulgação/Inep

As provas do Enem 2019, de responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), já estão a caminho dos locais de aplicação. A distribuição começou nesta sexta-feira, 4, com o envio de 408 mil cadernos para cidades da Bahia e do Pará.

Com mais de 5,1 milhões de inscritos, o Inep conta com o dobro deste número em impressões neste ano. Isto é, são 10,2 milhões de provas a serem distribuídas em todo o país. Dessa forma, o exame, que ocorrerá nos dias 3 e 10 de novembro, deve chegar aos mais de 10 mil locais de aplicação em 1.727 municípios nos próximos dias.

Segundo o Inep, os estudantes devem ficar atentos, pois os locais de prova e o cartão de confirmação estarão disponíveis no dia 16 de outubro.

‘Operação de Guerra’

A coordenação do processo de distribuição e segurança das provas do Enem é um grande desafio para o Inep. Para o diretor de Gestão e Planejamento do Instituto, Murillo Gameiro, trata-se de “uma verdadeira operação de guerra”. Gameiro ressaltou, ainda, a papel fundamental de todos os parceiros dessa logística, desde a produção do conteúdo até a divulgação dos resultados.

Portanto, todos os procedimentos envolvem entidades que colaboram no sentido de combater fraudes no exame. A exemplo, é possível citar a parceria com a Polícia Federal, reforçada pelo Ministério da Educação (MEC) e o Inep em 2016. Com o reforço, o Serviço de Inteligência da PF passou a trabalhar em prol da segurança do exame.

Acesso ao Ensino Superior

O Enem promove o acesso ao ensino superior utilizando a avaliação do desempenho estudantil como critério de seleção. Isso acontece, sobretudo, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para instituições públicas.

No caso de universidades particulares, é possível conquistar bolsas de 50% ou 100% pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). O exame oportuniza também que o aluno consiga financiamento com taxas reduzidas, através do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Leia mais:

Seduc promove aulão do Enem no Mutirão da Prefeitura