Coordenador da campanha de Maguito afirma que declaração de Iris foi de “extremo coração”

De acordo com Agenor, o fato de prefeito liberar servidores para apoiar quem quisesse é um indício do desejo de Iris em apoiar Maguito.

0
Maguito Vilela
Agenor Mariano é coordenador da campanha do candidato a prefeito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB) e ex-secretário administrativo da gestão Iris Rezende. (Foto: Reprodução)

Agenor Mariano, coordenador da campanha do candidato a prefeito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB) e ex-secretário administrativo da gestão Iris Rezende, acredita que a declaração do prefeito em vídeo divulgado nesta quinta-feira (19), no qual chama Maguito de “nosso candidato”, é de claro apoio à campanha do emedebista.

Agenor diz que a declaração de Iris não foi um “ato falho”, mas sim uma declaração de “extremo coração”. “Ele inicialmente adotou uma postura, devido a sua aposentadoria, de querer manter a cordialidade com todos”, argumenta.

“Outra coisa a se observar é a liberação de toda a equipe da prefeitura para apoiar quem quisesse. Evidentemente, toda a equipe, devido aos laços partidários, a fidelidade, quase que de uma forma total vieram apoiar Maguito Vilela”, diz. De acordo com Agenor, o fato de prefeito liberar servidores para apoiar quem quisesse é um indício do desejo de Iris em apoiar Maguito.

Críticas de Vanderlan e campanha de Maguito

O candidato a prefeito que disputa o segundo turno com Maguito, Vandelran Cardoso (PSD), criticou a atual saúde de Goiânia. Vanderlan mostrou em seu programa a situação de uma mulher que demostrava insatisfação com a situação da saúde em Goiânia. Segundo ela, demorou um ano para conseguir um tratamento de saúde.

Agenor diz que as críticas fazem parte do jogo. “Entendo isso como uma crítica do jogo político, jogo da disputa e isso não nos incomoda, ele pode continuar com as críticas dele porque se esse é o planejamento dele, nós temos o nosso também”, declarou.

“Existem duas coordenações de campanha. Na de Maguito Vilela, quem define as estratégias de campanha são os seus coordenadores”, diz ele. Quando perguntado sobre como a coligação de Maguito irá gerir a campanha nesta reta final sem o candidato, Agenor diz que existem divisões dentro da coordenação e campanha que, são independentes na criação de peças publicitária. Ele revela que não tem acesso ao planejamento de marketing para os próximos dias, mas que a campanha será feita do mesmo jeito que foi no primeiro turno.

“Do ponto de vista de campanha eleitoral, a coligação de Maguito tem se pautado em informações, pesquisas internas, análises, tanto quantitativas, quanto qualitativas e análises dos resultados eleitorais”, explica o coordenador.


Leia mais: Vanderlan pretende implantar um Centro Municipal de Vacinação em cada região de Goiânia