20.8 C
Goiânia
quinta-feira, 27, janeiro 2022
- Anúncio -

Caiado envia à Alego o Bolsa Estudo, auxílio de R$ 100 a alunos da rede pública

O auxílio será vinculado à Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e consiste na transferência mensal de R$ 100 a todos os alunos do ensino médio da rede pública

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O governador Ronaldo Caiado envia, nesta quarta-feira (3), à Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) o projeto de lei que institui o Programa Bolsa Estudo.

O auxílio será vinculado à Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e consiste na transferência mensal de R$ 100 a todos os alunos do ensino médio da rede pública.

Serão beneficiários do programa todos os estudantes da última fase de aprendizagem do estado de Goiás, nos anos de 2021, 2022 e 2023. A bolsa será paga exclusivamente nos meses de fevereiro a junho, e de agosto a dezembro, segundo governo de Goiás.

“Nós sabemos que a evasão escolar tem sido enorme no fim do Ensino Fundamental. Por isso, todo jovem do Ensino Médio vai receber R$ 100 por mês para mantê-lo dentro da atividade escolar, é um incentivo por parte do governo. Ele terá que estar presente às aulas e dentro das regras estabelecidas, para ter o benefício”, informou Caiado.

A previsão do governo de Goiás é que o Bolsa Estudo atinja cerca de 218 mil estudantes ainda no ano de 2021, que terá o Gabinete de Políticas Sociais como parceiro no monitoramento e na articulação institucional.

Ronaldo Caiado ressalta que essas medidas fazem parte de políticas sociaispara atender os mais vulneráveis.

“Governar é isso: é fazer com que o dinheiro chegue para a população, para os que mais precisam. Nós temos que cuidar das pessoas”, pontuou.

O Governo de Goiás alcançou a marca histórica de R$ 2,3 bilhões de investimentos no setor educacional. Os valores foram aplicados em todos os 246 municípios goianos. Entre 2019 e 2021, o Estado reformou mais de mil unidades escolares, construiu quadras, destinou verbas para compra de equipamentos, distribuiu uniformes, tênis, kits escolares e ampliou recursos para implantação de laboratórios de tecnologia e robótica.


Leia mais: Semana Nacional da Conciliação começa na segunda-feira com previsão de atender 6 mil acordos

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -