Atlético vence o Palestino e assume 2º lugar do grupo F na Sul-americana

Dragão joga melhor, suporta pressão chilena no fim da partida e segue na cola do Libertad; confronto direto na próxima rodada

0
Com a vitória diante do Palestino, Dragão chega a 4 pontos e vice-liderança do Grupo F (Foto: Francisco Largo)

O Atlético conseguiu a sua primeira vitória na Copa Sul-americana 2021. Com gol de Zé Roberto, logo no início da partida, o rubro-negro dominou grande parte do jogo e bateu o Palestino. Nos minutos finais, o time da casa pressionou e chegou a ter uma bola na trave, porém, o Dragão segurou a pressão e ficou com os três pontos.

Na próxima rodada, o Atlético recebe o Libertad-PAR, no Antônio Accioly, e faz praticamente uma “final”na busca pela classificação. Os paraguaios venceram as duas primeiras partidas e está há 2 pontos do time goiano. Em caso de vitória no confronto direto, o time de Jorginho assumiria a primeira colocação do grupo, posição que classifica para a próxima fase da competição.

A PARTIDA

Três minutos de jogo, a bola ficou perdida na pequena área e o ataque chileno conseguiu a finalização, Fernando Miguel, no chão, se recuperou e fez a defesa para segurar o 0x0 no placar. Mas o Dragão não ficou para trás no início quente do jogo e a resposta foi imediata. João Paulo recebeu cruzamento de Dudu e, de dentro da área, cabeceou para bela defesa de Toselli.

Aos 11 minutos veio o prêmio pelo jogo intenso que o Atlético praticava. A zaga bateu cabeça, Zé Roberto se aproveitou, tomou a bola e saiu cara a cara com Toselli. Com calma, o centroavante bateu por cima do goleiro e anotou o primeiro do jogo: 1×0 Dragão.

À partir do gol atleticano, o jogo ficou mais controlado pelo time goiano. Apenas passado os 20 minutos é que o Palestino conseguiu ficar um pouco mais com a bola, porém sem assustar o gol adversário. Aos 35, Benítez arriscou chute de fora da área e levou perigo, mas a bola passou por cima do travessão.

Na segunda etapa o Atlético voltou pressionando e, logo aos 2 minutos, Toselli precisou fazer mais uma boa defesa para evitar o segundo gol atleticano. Zé Roberto dominou na marca do pênalti e rolou para João Paulo, que finalizou forte e rasteiro. O goleiro chileno se jogou na bola e afastou o perigo.

O Palestino, por sua vez, tomou a posse de bola e controlava as ações do jogo. Mas, com pouca criatividade, não agredia a defesa rubro-negra, que se mantinha bem postada. O time chileno apostava nas bolas paradas para tentar o empate. Aos 31 minutos, Sotelo aproveitou escanteio e cabeceou de leve, mas Fernando Miguel estava bem postado e fez a defesa.

Na reta final de parte, o Palestino se abriu um pouco mais para tentar o empate. Isso fez com que o Atlético encontrasse mais espaços para jogar e, assim, teve oportunidades de finalização. João Paulo encobriu o goleiro e a zaga chilena tirou em cima da linha, pouco depois Janderson foi lançado, saiu cara a cara e finalizou, Toselli fez ótima defesa.

Já entrando na marca dos 44, o grande susto para o torcedor atleticano. Bobeada na saída de bola, Benítez recebeu na área e acertou um belo peixinho, a bola acertou a trave de Fernando Miguel, por muito pouco não saiu o empate. Essa foi a última grande oportunidade. O Palestino até pressionou, mas não conseguiu alterar o placar.

FICHA TÉCNICA

Copa Sulamericana
Data: 29/04/2021
Horário: 21h30
Local: Estádio El Teniente, Rancagua- Chile

Árbitro: Augusto Menéndez
Assistentes: Jonny Bossio e Stephen Atoche

Gols:

Palestino:
Atlético: Zé Roberto (0x1 – 11’ 1T)

ATLÉTICO: Fernando Miguel; Dudu, Nathan, Éder e Natanael; Willian Maranhão, Marlon Freitas e João Paulo; Arthur Gomes (Danilo Gomes), Janderson (Arnaldo) e Zé Roberto (André Luis).
Técnico: Jorginho

PALESTINO: Toselli, Suárez, Romo, Berardo e Alvarado; Barticciotto (Carrasco), Martínez (Dávila), Cortés, Benítez e Sánchez Sotelo (Zedan); Luis Jímenez.
Técnico: José Sierra