Após prender mandante, intermediários e coautor, PC prende executor de homicídio em loja da 44

Todos os investigados são traficantes de drogas e integrantes de uma facção criminosa.

0
Homicídio região da 44
A motivação do crime está relacionada as atividades criminosas do grupo. Foto: Divulgação / PC)

Danilo Andrade, conhecido no mundo do crime como “Rajada”, foi preso pela Polícia Civil de Goiás, em ação conjunta com as Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) em Goiânia. Danilo é apontado pela investigação como sendo o a pessoa que efetuou os disparos contra Wesley Cândido Pereira que, veio a óbito no local. O homicídio ocorreu em dois de outubro, em uma loja da Região da 44.

Com a prisão de Danilo, todos os envolvidos foram identificados e presos pela força tarefa criada pela Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH), com apoio da Polícia Militar de Goiás (PM-GO), para apuração dos fatos. Horas após o crime, a força tarefa já havia identificado e efetuado a prisão em flagrante de outras cinco pessoas envolvidas (mandante, intermediários e coautor).

Paulo Henrique dos Santos Souza, é apontado como mandante do crime. Thamires Thaynara Silva Dionizio e Kathleen Raymara Marinho Mendes, fora encarregadas de localizar a vítima e informar a localização para o executor, segundo a PC.

Além desses, Poliana Santos de Souza foi quem forneceu a arma para o executor e Paulo Henrique da Silva Xavier auxiliou na fuga de “Rajada” após a execução do crime. Todos os investigados são traficantes de drogas e integrantes de uma facção criminosa. A motivação do crime está relacionada as atividades criminosas do grupo.


Leia mais: As 65,5 mil doses da vacina de Oxford serão aplicadas em profissionais de Saúde