Após adiamento, IBGE começa a devolver taxa de inscrição para Censo 2020

0
Foto: Paulo Pinto/Fotos Publicas

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que começará a devolver nesta segunda-feira (19), R$ 2,82 milhões para os candidatos inscritos no concurso de seleção para trabalhar no próximo Censo. A pesquisa seria realizada neste ano, mas foi adiada para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus.

Por isso, a seleção para contratar temporariamente 208.695 pessoas foi cancelada em março deste ano e a partir de agora a taxa de inscrição será devolvida aos concorrentes.

A devolução será feita por meio do aplicativo Carteira Digital BB, do Banco do Brasil, que pode ser baixado em celulares com sistema Android ou iOS. Não é necessário ser correntista do banco para usar o aplicativo e receber o dinheiro.

Segundo o IBGE, cerca de 100,7 mil candidatos pagaram as taxas, que variam de R$ 23,61 (para candidatos a recenseador) a R$ 35,80 (para agente censitário).

O Censo é feito, regularmente, a cada década, a fim de se conhecer, por meio de pesquisas no próprio domicílio, a realidade da população brasileira.

*Com informações da Agência Brasil

Leia mais:

Empresa anuncia que vacina testada produziu anticorpos contra o coronavírus