19.8 C
Goiânia
domingo, 26, junho 2022
- Anúncio -

Aparecida ultrapassa mais de 1 milhão de doses de vacina contra a covid-19 aplicadas na população

Secretaria Municipal de Saúde convoca moradores a receberem o reforço

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Aparecida de Goiânia comemora a marca de 1.013.279 doses de vacina contra a covid-19 aplicadas na população desde o início da Campanha, em 20 de janeiro de 2021, até esta segunda-feira (23).

Desse total, 900.712 foram destinadas ao público acima de 18 anos, 70.879 foram aos adolescentes de 12 a 17 anos e 41.688 doses foram administradas no público infantil. O município segue com a estratégia de imunização em 39 postos fixos.

Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 437.003 pessoas acima de 12 anos receberam ao menos a primeira dose da vacina contra a covid-19. O número representa 91,44% da população nessa faixa etária, estimada em 477.878 habitantes. Além disso, 383.224 pessoas desse grupo completaram o esquema vacinal básico, seja com a segunda dose da vacina ou imunizante dose única. Esse total representa 80,19% dos moradores acima de 12 anos.

Sobre a dose de reforço, Aparecida aplicou 130.080 doses. Com esse número, estima-se que 30,77% da população adulta, que é o grupo autorizado a receber a terceira aplicação, procurou os postos, considerando que a população acima de 18 anos na cidade seja de 422.666 habitantes. Para além desses dados, a respeito da terceira dose, outros 21.284 idosos e imunossuprimidos receberam o segundo reforço.

Já a vacinação infantil alcançou 50% de cobertura do público-alvo com a primeira dose. Foram 29.318 imunizantes pediátricos D1 aplicados, sendo que, ao todo, a pasta estima que a cidade tenha 58.545 crianças de 5 a 17 anos. Além disso, 12.370 completaram o esquema básico com a segunda dose, representando 21,12% do grupo.

Locais de vacinação

As vacinas contra a covid-19 para adolescentes e adultos, isto é, para moradores acima de 12 anos, estão disponíveis na Central de Imunização, na Maternidade Marlene Teixeira e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) dos bairros Andrade Reis; Colina Azul; Bairro Cardoso; Delfiore; Alto Paraíso; Bandeirantes; Bairro Ilda; Independência; Buriti Sereno; Campos Elíseos; Cândido de Queiroz; Caraíbas; Chácara São Pedro; Cruzeiro do Sul; Independência Mansões; Jardim Bela Vista; Jardim Boa Esperança; Jardim dos Buritis; Jardim dos Ipês; Jardim Florença; Jardim Olímpico; Jardim Paraíso; Jardim Tiradentes; Madre Germana; Nova Olinda; Papillon Park; Parque Trindade; Pontal Sul II; Residencial Anhambi; Residencial Garavelo Park; Retiro do Bosque; Jardim Riviera; Rosa dos Ventos; Santa Luzia; Santo André; Veiga Jardim e Expansul.

A Central de Imunização funciona de segunda a sábado, das 8 às 18h. A sala de vacinação da Maternidade Marlene Teixeira fica aberta de segunda à sexta, das 8 às 18h. Já as salas de vacinação das UBS´s funcionam de segunda à sexta, das 8 às 16h.

Em todos esses 39 locais estão disponíveis imunizantes para a primeira dose, segunda ou para os reforços. A D1 é aplicada mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento e cartão SUS ou CPF. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de algum responsável.

Já a segunda dose é aplicada mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação, de acordo com os intervalos mínimos previstos entre a primeira e a segunda aplicação: 28 dias para a Coronavac e oito semanas para Pfizer e AstraZeneca.

Reforço

Além disso, qualquer pessoa acima de 18 anos que tenha recebido a segunda dose dos imunizantes Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer há quatro meses já pode receber a dose de reforço (terceira dose) mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação. Quem recebeu a dose única da Janssen também pode receber o reforço no intervalo de dois meses.

Já os idosos e imunossuprimidos que tenham recebido a terceira dose há quatro meses também podem receber a quarta dose da vacina. O segundo reforço é aplicado mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação.

Vacinação infantil

Crianças de 5 a 11 anos podem ser vacinadas contra o novo coronavírus na Central de Imunização, na Maternidade Marlene Teixeira e nas UBS´s dos bairros Andrade Reis, Anhambi, Cardoso, Veiga Jardim, Retiro do Bosque; Jardim Olímpico; e Cândido de Queiroz. Para receber a proteção, elas precisam estar acompanhadas de um responsável legal e apresentar certidão de nascimento ou RG, cartão SUS ou CPF e o cartão de vacinação. Caso o responsável não possa acompanhar, basta assinar um termo de autorização, que deve ser apresentado no momento da imunização.

Leia mais:Vereador Clécio Alves é internado após contrair dengue e covid-19

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -