Aparecida estrutura mais 100 leitos hospitalares para combate à pandemia

0

A Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia irá aumentar a quantidade de leitos hospitalares no município. Segundo a prefeitura, mais 100 novos leitos estão sendo estruturados para atendimento à população. O prefeito Gustavo Mendanha (MDB) vem acompanhando diretamente a situação na cidade e defende todo investimento possível para que, segundo ele, Aparecida não entre em colapso.

“Hoje, como prefeito, contribuo com a parte que cabe ao poder público e estruturo 100 novos leitos. Porém, lembro que se vocês não ajudarem, ainda perderemos muitos pais, avós e filhos. Um descuido bobo pode custar a vida de quem você ama”, disse o chefe do Executivo aparecidense.

O secretário Municipal de Saúde, Alessandro Magalhães, destacou o trabalho que a prefeitura vem fazendo e com isso enfrentando os impactos causados pela pandemia da covid-19. De acordo com ele, o fato de fazer testagem em massa, campanhas educativas e a criação de novos leitos fez de Aparecida o exemplo.

“Abrimos também 240 leitos hospitalares. Tudo isso nos proporcionou superar a primeira onda de forma mais segura. Porém, hoje enfrentamos o pior momento da pandemia. As novas linhagens do Coronavírus são mais transmissíveis e agressivas. Precisamos da compreensão e empatia de todos, caso contrário tudo o que fizermos não será suficiente”, completa o secretário.

A partir de agora, Aparecida terá 140 leitos de UTI e 181 de enfermaria exclusivos para tratamento da Covid-19. São 122 UTI’s no Hmap e 18 no Hospital Garavelo, unidade privada contratada pela Prefeitura. Já os leitos de enfermaria estão distribuídos em 55 no Hmap, 40 no Hospital Garavelo e 86 no Centro Municipal de Especialidades.

No início da semana, a prefeitura de Aparecida de Goiânia publicou documento que organiza as aberturas dos comércios no município com o intuito de evitar aglomerações e disseminações de coronavírus entre a população.