22.8 C
Goiânia
sábado, 24, fevereiro 2024
- Anúncio -

Aparecida de Goiânia realiza “Virada Ambiental” com plantio de 500 mudas

Virada é um projeto de extensão da UFG surgido em 2019

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semma) de Aparecida de Goiânia, realizou na última quinta-feira (7), no Viveiro Cerrado, no Setor Mansões Paraíso, a Virada Ambiental. O evento contou com o apoio da Saneago, BRK Ambiental e Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

A Virada Ambiental é um programa de sensibilização de toda a sociedade goiana para a necessidade do plantio de espécies nativas do Cerrado. O projeto foi idealizado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec) da Universidade Federal de Goiás (UFG), dentro do Programa UFG Sustentável, e conta com a parceria e o apoio de diversas instituições públicas, governamentais e da sociedade civil.

Em Aparecida de Goiânia, o plantio de centenas de mudas foi realizado às margens do Córrego Tamanduá, no Setor Mansões Paraíso. Vamos plantar para que amanhã possamos colher os benefícios de um lugar mais agradável, contribuindo para a melhor qualidade do ar, das águas e do meio ambiente”, sublinhou o prefeito de Aparecida de Goiânia, Vilmar Mariano ao lado da primeira-dama, Sulnara Santana.

O projeto busca conscientizar a todos sobre a preservação, conservação e recuperação dos biomas. A vegetação tem o poder de capturar o carbono da atmosfera, principal responsável pelo efeito estufa, e, além disso, regula o fluxo de água, os níveis dos lençóis freáticos, controla a temperatura e a qualidade dos solos e contribui para a conservação da diversidade biológica.

VIRADA AMBIENTAL

A Virada Ambiental é um projeto de extensão da Universidade Federal de Goiás (UFG) surgido em 2019, fruto do programa UFG Sustentável. Naquele ano, foi feito o inventário de carbono da universidade e, a partir daí, surgiu a ideia de plantar árvores não só dentro da instituição, mas também em outras localidades. O principal objetivo da Virada Ambiental é sensibilizar para as questões ambientais.

A iniciativa também está alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), uma agenda de ações que devem ser implementadas por todos os países do mundo até 2030. Entre os objetivos, estão medidas ligadas à conservação dos recursos naturais e a proteção e recuperação dos ecossistemas e da biodiversidade. “É um evento em que todos são protagonistas e a principal bandeira é o ganho ambiental para a sociedade”, completou Valéria.

UNIFORMES

Durante a programação, 80 alunos da Guarda Mirim Ambiental e equipe Defesa Civil Municipal, entre fiscalização, jurídico, educação ambiental e licenciamento ganharam novos uniformes. “As crianças e colaboradores se transformam em agentes multiplicadores em suas comunidades e vão ajudar na preservação da natureza e do meio ambiente que está ai seu redor”, afirmou Vilmar.

A programação contou com a presença dos vereadores Isaac Martins, Diony Nery, Marcos Miranda e Élio Bom Sucesso, dos secretários Idelma (Educação), Tales de Castro (Segurança Pública) e Vanilson Bueno (Relações Institucionais) e representantes ambientais.

Leia mais:Inaugurada a decoração de Natal da Praça Tamandaré, em Goiânia

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -