Alego suspende atividades por 15 dias

0
Imagem: Maykon Cardoso

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira (PSB), informou nesta segunda-feira,16, que praticamente todas as atividades da ALEGO estão suspensas pelos próximos 15 dias, em concordância com decreto do governador Ronaldo Caiado.

Lissauer destacou que um número pequeno de servidores seguem trabalhando normalmente na Assembleia para tratar de diligencias administrativas, que não podem ser paralisadas, como o processamento de licitação e o fechamento da folha de pagamento. Os demais servidores vão trabalhar remotamente, em regime home Office.

De acordo com o presidente da Alego, as medidas foram acordadas entre os parlamentares e seguem os critérios determinados pelo Estado de Goiás através de Decreto 9.633, que declarou situação de emergência na saúde pública estadual, em razão da disseminação do novo coronavírus.

“A Assembleia é um local público que recebe milhares de pessoas de todo o Estado diariamente. E a nossa realidade atual exige responsabilidade coletiva, precisamos fazer a nossa parte para tentar reduzir os índices de proliferação dessa doença, não só no nosso estado, mas em todo o país”, justificou.