18.8 C
Goiânia
quinta-feira, 18, julho 2024
- Anúncio -

Xuxa chama de ‘repugnante’ fala de pastor evangélico goiano

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Declarações do pastor Jonas Felício Pimentel, da igreja evangélica Tabernáculo da Fé de Goiânia, repercutiram foram duramente criticadas. Isso porque o religioso diz durante uma pregação que algumas crianças, vítimas de abuso sexual, são culpadas pelo crime.

No grupo das pessoas que rebateram as falas do pastor, está a apresentadora Xuxa Meneghel. Ela compartilhou o vídeo nas redes chamando as declarações de repugnantes.

“Meu senhor, o absurdo que acaba de falar, deveria não apenas chocar a mim, mas a todos que foram crianças e que hoje são pais adultos e que não estão no lugar de um abusador ou pedófilo. Suas falas dão nojo, são repugnantes”, disse a artista.

A postagem de Xuxa já atingiu mais de 1 milhão de visualizações e repercutiu em vários meios de comunicação. Entre as considerações dela, Xuxa afirma que Jonas quer “justificar o injustificável” e defende que seja investigado o motivo das afirmações do pastor.

O contexto da fala do pastor foi em alusão a um caso de uma criança de cinco anos vítima de abuso sexual promovido por parentes dela. Ao dizer sobre a importância de pais e mães protegerem os filhos, ele afirmou que a criança também é culpada.

“Existem situações que quando acontece um abuso de uma criança, a criança é também culpada, porque ela deu lugar. Crianças também têm culpa, têm participação, mas não todos os casos. Eu quero deixar isso bem claro”, sublinhou.

A reportagem não conseguiu contato com a defesa do pastor para um posicionamento, mas deixará o espaço aberto para uma futura manifestação.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -