20.8 C
Goiânia
terça-feira, 7, dezembro 2021
- Anúncio -

Sérgio Moro é o nome para a “terceira via”, diz presidente do Podemos em Goiás

Nelto acredita que a política de “nós contra eles”, implantada segundo ele, no governo do PT, continuou no governo Bolsonaro.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, se filiará ao Podemos oficialmente em 10 de novembro. Após o anúncio oficial, Moro fez uma publicação no Twitter em montagem com a bandeira do Brasil e uma frase: “juntos, podemos construir um Brasil justo para todos”. O deputado federal e presidente da sigla em Goiás, José Nelto, afirmou em entrevista à Bandeirantes que o diálogo com Moro é de longa data.

Segundo Nelto, o Podemos vem dialogando com Moro desde quando o ex-juiz era ministro. “Tive 41 audiências com o ministro. Era muito ligado a ele, a todas as pautas no combate a corrupção, a violência no Brasil. Logo após ele deixar o ministério, houve uma interrupção no diálogo”, conta o deputado. De acordo com ele, as novas tratativas reiniciaram no final do mês de julho deste ano.

Nelto acredita que a política de “nós contra eles”, implantada segundo ele, no governo do PT, continuou no governo Bolsonaro. “O Brasil está doente pela pandemia e doente politicamente. Foi adotada uma política no passado, do PT, de ‘nós contra eles’. E essa política continuou com a direita comandada por Bolsonaro, a ultradireita. Significa dividir o povo brasileiro”, disse.

“O Brasil precisa voltar ao protagonismo, e o nome respeitado hoje, que não teve nenhuma mancha, é o Sérgio Moro”, disse Nelton, de olho na terceira via para as Eleições de 2022.  “Nós queremos fazer o contrário. Todos juntos para salvar o Brasil, salvar a economia, dar credibilidade no exterior”, sublinhou

Apropriação de votos

O presidente estadual do Podemos também afirma que uma possível candidatura de Moro pode angariar votos de outros candidatos a presidente, como Ciro Gomes, Lula e até mesmo Jair Bolsonaro. “Eu vejo que Sérgio Moro não é mais ex-juiz, ele agora é político e tem que pensar no Brasil, em todos. Tem que pensar em chegar no 2º turno”, exclamou.


Leia mais: Explosão em padaria deixa funcionário ferido em Aparecida de Goiânia

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -