24.8 C
Goiânia
sábado, 23, outubro 2021
- Anúncio -

Senador Canedo inaugura usina de oxigênio e prefeito relata desequilíbrio financeiro na Saúde

A produção de exigênio pode gerar economia de R$ 300 mil por mês, além da garantia de manutenção do serviço.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A prefeitura de Senador Canedo entregou nesta segunda-feira (23) uma usina própria de produção e recarga de oxigênio hospitalar.  O equipamento foi adquirido com emendas do senador Vanderlan Cardoso (PSD) que, somam quase R$ 1,4 milhão de investimento. Apesar da empolgação do prefeito Fernando Pellozo (PSD), o mandatário também expôs uma crise na Saúde municipal.

De acordo com ele, em coletiva de imprensa, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é a pasta que acumula o maior déficit da gestão, principalmente, por conta da pandemia da Covid-19. “A dívida da Saúde é de cerca de R$ 22 milhões acumulados e uma projeção de até R$ 37 milhões de dívidas até o final do ano”, disse o prefeito, comemorando a emenda recebida para produção da usina.

Senador Canedo terá capacidade de produzir 27 metros cúbicos por hora, o que permitirá suprir a necessidade de consumo da UPA 24h além de envasar cilindros para outras unidades, em um ritmo de 10 metros cúbicos a cada hora. A possibilidade gera economia entorno de R$ 300 mil por mês, além da garantia de manutenção do serviço.

A aparelhagem foi instalada nas dependências da UPA-24H no Residencial Boa Vista. O insumo produzido na usina será suficiente para atender os leitos do Pronto Socorro do Parque Alvorada, UPA-24H e do Hospital de Enfrentamento à Covid-19. “O prefeito solicitou a usina de oxigênio para o município e prontamente garantimos esses recursos que, são muito importantes para atender a população e combater a covid-19”, disse Vanderlan.


Leia mais: Caiado distribui dispositivos de leitura para alunos com deficiência visual

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -