Procon Goiás cobra melhorias no atendimento da Enel

0
17

Para tratar dos atendimentos registrados em desfavor da distribuidora de energia elétrica, o Procon Goiás realizou, na manhã desta terça-feira, dia 19, uma reunião com representantes da Enel Distribuição S/A.
Do início do ano até esta segunda-feira, dia 18, já foram registrados 588 atendimentos, totalizando um aumento de mais de 100% no número de atendimentos em relação ao mesmo período do ano passado (291).
Entre os problemas mais reclamados estão as cobranças indevidas nas faturas, a má prestação de serviços decorrente do tempo de espera para atendimento presencial, a inoperância do SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), ou descumprimento dos prazos de atendimento telefônico, as constantes interrupções de energia, o não cumprimento do prazo de indenização (de 20 dias – conforme Resolução n° 414, da Aneel) em caso de prejuízos decorrentes da queda de energia – que acarreta danos em aparelhos elétricos, dentre outros.
A superintendente em exercício, Rosânia Nunes, esclareceu que foram instaurados dois processos de Investigação Preliminar em relação às constantes quedas de energia do final do ano passado e do início deste ano, que deixaram milhares de unidades consumidoras, inclusive produtores rurais, sem energia elétrica, gerando um prejuízo imensurável aos usuários.
Ressaltou ainda que a investigação visa a aplicação das sanções administrativas previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC) em virtude dos danos coletivos causados à toda população goiana.
A representante do órgão de defesa do consumidor salientou ainda que “quando o consumidor procura o Procon Goiás é porque a empresa não resolveu a demanda e não apresentou uma solução do problema no tempo certo, conforme previsto pela Agência Reguladora”. Cobrou melhoria na qualidade do atendimento prestado aos consumidores goianos, que estão sendo coletivamente lesados pelas falhas na prestação do serviço, que deve ser executado de forma adequada, eficiente, segura e contínua.

Plano emergencial

A superintendente reforçou a importância, por parte da Enel, de melhorar o atendimento nos diversos canais disponíveis aos consumidores, bem como a solução das demandas apresentadas pelo Procon Goiás, principalmente os índices de acordo em audiências de conciliação, objetivando, além da satisfação dos consumidores, evitar a instauração de processos administrativos ou até mesmo a judicialização da demanda.
O Procon Goiás solicitou cópia do plano emergencial de melhorias e do plano de metas que deverá ser apresentado à Aneel, conforme compromisso firmado durante a visita do diretor da Aneel, Rodrigo Limp, na semana passada, em Goiânia, ao ser convidado pelo governador Ronaldo Caiado para discutir a má prestação de serviço, as reclamações e prejuízos recorrentes do setor produtivo.
O ouvidor da Enel, Daniel Lopes informou que irá consultar o setor regulatório interno e informará no prazo de dez dias a data de divulgação dos planos de metas e de melhoria. Ele também se comprometeu a atender as demandas apresentadas pelo Procon-Goiás, quando as solicitações forem pertinentes de acordo com a Resolução n°414/2010 da ANEEL e de adotar as medidas de melhoria contínua no Serviço de Atendimento ao Procon (SAP) e na solução das demandas dos consumidores.
Atendimentos
Os consumidores que se sentirem prejudicados podem entrar em contato com o Procon Goiás através dos seguintes canais de atendimento:
Presencial: Realizado na sede do Procon Goiás,  na Rua 8, nº 242, Setor Central, em Goiânia; e também nas unidades de atendimento Vapt Vupt.
Internet: Disponível através da plataforma ProconWeb.
Telefone: Moradores de Goiânia podem entrar em contato pelo Disque Denúncia (151). Já os moradores do interior devem ligar para o número (62) 3201-7124
 
Fonte: Portal Goiás Agora
Imagem: Divulgação 

Comente

Please enter your comment!
Por favor, adicione seu nome