18.8 C
Goiânia
quinta-feira, 18, julho 2024
- Anúncio -

Prefeitura de Goiânia inicia operação preventiva contra incêndios em parques

Em casos de incêndios nos parques, a orientação é acionar os bombeiros de imediato

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) deu início aos preparativos para proteger os mais de 63 parques municipais contra incêndios no período de estiagem. Conforme a Gerência Operacional de Parques, o planejamento envolve desde a construção de aceiros como um plano para implantação de hidrantes com o apoio técnico dos bombeiros em parques que podem oferecer um nível maior de riscos de incêndios.

Na prática, a retirada é de aproximadamente três metros de faixa externa da mata. Os aceiros se fazem necessários no período de estiagem pela junção da vegetação seca e baixa umidade do ar, fatores que facilitam a propagação das chamas.

Na primeira etapa do plano para 2024, os servidores operacionais da Amma participaram de um treinamento no auditório da sede com os instrutores do Corpo de Bombeiros e equipe da Segurança do Trabalho. “Durante o curso, os servidores aprenderam como manusear, por exemplo, os extintores. Receberam orientação, inclusive, para se protegerem das chamas”, explica o presidente da Amma, Nadim Neme.

Na garagem operacional, os trabalhos são para a construção de abafadores de chamas. Nos parques, além desse equipamento serão utilizados sopradores, caso seja necessário, além de caminhões pipas. Já nesta semana, alguns parques receberão a visita de técnicos dos bombeiros para viabilizar a implantação de hidrantes, gerando mais agilidade no combate às chamas, caso ocorra incêndios.

Incêndios em lotes

Outra preocupação da Amma é em relação a moradores que ateiam fogo em resíduos ou no mato de lotes da capital e outras áreas durante o período de seca. Em Goiânia, queimar resíduos sólidos ou rejeitos a céu aberto ou em recipientes, instalações e equipamentos não licenciados para a atividade é uma infração ambiental, conforme o Decreto Federal Nº 6.514, de 22 de julho de 2008.

A legislação também proíbe, na zona urbana, queimar lixo e restos de vegetais em áreas públicas ou particulares, de modo a provocar fumaça, cinza ou fuligem que comprometam a comodidade pública.

A ação da Fiscalização da Amma ocorre mediante flagrante, quando acionada pelo telefone 161. Já para apagar o fogo a população deve acionar de imediato o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193. E em caso de investigação, quando não há flagrante, a população pode acionar a Delegacia Estadual de Meio Ambiente – DEMA.

O valor da multa para quem colocar fogo nos lotes considera a gravidade e circunstâncias que agravam ou atenuam a queimada, conforme o código de postura do município. O valor é de R$144,92 a R$1.449,20.

Leia Mais: Aparecida implementa solução biológica para o combate ao mosquito da dengue

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -