Prefeito sinaliza que pode decretar lockdown em Rio Verde

0
Imagem: Divulgação

O prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, divulgou na manhã desta segunda-feira,08, que se o índice de isolamento social na cidade não atingir 55% nos próximos dias, pode decretar lockdown ainda nesta semana. A Informação foi divulgada por meio de coletiva virtual. O prefeito aproveitou para pedir que a população fique em casa nos próximos 14 dias e que as saídas seja, apenas para atividades essenciais como farmácia, hospital e supermercado

No último sábado,06, um novo decreto foi publicado, restringindo comércios não essenciais. “Preservar a vida é nossa prioridade. Vamos ficar 14 dias em casa, como se estivéssemos 14 dias em tempestade. Isolamento e aumento de testagem, é assim que vamos obter sucesso. É uma guerra biológica. As pessoas não enxergam, mas temos uma guerra e o sentimento precisa ser coletivo. Se fosse uma guerra convencional e estivessem caindo bombas, será que alguém ficaria na rua ou estaria fazendo festa? Essa é uma guerra biológica e as pessoas só enxergam quando perdem um amigo ou familiar. Peço, mais uma vez, vamos guardar o isolamento. Este é um momento de ficar em casa”, completou o prefeito.

De acordo com o prefeito, o cenário epidemiológico na cidade mudou, depois de uma nova rodada de testes. Em um primeiro momento o, nenhuma pessoa testou positivo para o Sars-CoV-2. Na última, porém, 5% de quem fez o exame foi diagnosticado com a Covid-19. Desta forma, a prefeitura busca ampliar o isolamento social e conter a disseminação do vírus.

“Não podemos esperar que as pessoas cheguem até às unidades de saúde, precisamos ir atrás do vírus e assim fizemos. Nossa realidade pode ser a de várias municípios do Brasil e podemos chegar a 10 mil positivos em Rio Verde se não fizermos o isolamento. Neste momento precisamos ficar em casa porque pode ser que amanhã essas pessoas precisem de UTI e a gente não tenha”, destacou.

Leia mais:

Ministério da Saúde muda formato de divulgação de dados de covid-19