10.8 C
Goiânia
sexta-feira, 20, maio 2022
- Anúncio -

PP caminhará com outro candidato caso Caiado não apoie Alexandre Baldy para o Senado

De acordo com Baldy, houve diálogo com o chefe do Executivo estadual sobre essa possibilidade de haver pré-candidatos independentes.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

O presidente do Progressistas em Goiás, ex-ministro e pré-candidato ao Senado Federal pelo estado, Alexandre Baldy, falou à Bandeirantes nesta terça-feira (10) que pode seguir com a candidatura de forma independente ou até caminhar com outro candidato, caso não receba apoio na chapa majoritária do governador Ronaldo Caiado (UB) nas Eleições 2022.

De acordo com Baldy, houve diálogo com o chefe do Executivo estadual sobre essa possibilidade de haver pré-candidatos independentes. “Houve uma pacificação legislativa, [ou seja,] foi consultado o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para que pudesse então responder e dizer que isso é legal e possível. Nesse aspecto eu disse a ele que a minha pré-candidatura está colocada. Não dependemos do partido porque já tenho apoio de forma unânime e não temos a dependência de absolutamente ninguém”, pontuou.

Ainda segundo Baldy, “não havendo esse apalavramento como foi feito pelo governador, certamente a nossa candidatura será mantida e a nossa candidatura será na convenção homologada e a gente, assim, caminhará com outro candidato ao Governo do Estado”, concluiu Alexandre Baldy. De acordo com ele, Caiado terá o apoio do Progressistas, caso optem em caminhar lado a lado.


Leia mais: Especialista explica quais sanções podem sofrer um clube por racismo; Bastos denunciou ato no Accioly

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -