29.8 C
Goiânia
sexta-feira, 19, abril 2024
- Anúncio -

Para frear aumento de casos de Dengue, Prefeitura vai multar lotes propícios para criação do Mosquito

As cobranças começam na próxima semana

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Prefeitura de Goiânia vai aplicar multas, que podem chegar até R$ 26 mil, para donos de lotes com espaços propícios à proliferação do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue. Além do valor, o responsável também terá que arcar com os custos de limpeza do lote, a ser realizada pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) e cobrada no próximo boleto do Imposto Territorial Urbano (ITU).

Com a cobrança, que deve começar já na próxima semana, as autoridades esperam chamar a atenção dos donos de lote para a responsabilidade com a limpeza das áreas. A fiscalização vai começar pela região sudoeste da capital, onde há maior incidência de casos. A decisão da prefeitura foi tomada em conjunto com o Ministério Público Estadual, na intenção de frear a alta no índice de casos de dengue na cidade, que chegou ao topo da lista de capitais com mais registros da doença.

Além de encabeçar a lista, Goiânia também lidera no número de mortes dentro do estado, com nove confirmadas em 2022. Outras 25 ainda estão sendo investigadas, com mais 55 internadas com complicações e outros quase 29 mil casos observados.

Leia mais: Prefeitura de Goiânia realiza mais de 550 mil visitas em combate à dengue, no primeiro trimestre de 2022

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -